Lumiar: muito mais do que um ponto turístico

Muito frequentado nas férias de verão e feriados, quinto distrito tem rica produção cultural e de entretenimento
quinta-feira, 12 de abril de 2018
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Foto de capa
O complexo de bares em frente ao lago (Fotos: Henrique Pinheiro)

Distante 28 quilômetros do centro de Nova Friburgo, o distrito de Lumiar, tem sido um dos principais destinos turísticos da região. Com uma população de cerca de 1.500 habitantes, de acordo com o Censo de 2010, a localidade oferece diversas opções de lazer, além de ser um centro cultural rico e que cresce a cada dia.

É uma das regiões do município com grande parte da vegetação nativa ainda preservada. A razão é simples, mas curiosa, como conta a presidente da associação de moradores do distrito, Silvia Faltz. “Lumiar teve uma evolução muito tardia em relação a outras localidades de Friburgo. A nossa energia elétrica, o tratamento de água e o calçamento das ruas ainda são recentes em comparação com o Centro. O telefone demorou muito para chegar. Eu fui a primeira telefonista daqui. É até engraçado porque esse “atraso” permitiu que a vegetação não sofresse muitos impactos. Lumiar tem uma área verde bem preservada em função disso. Acho que não podemos reclamar tanto assim”, observa Sílvia.

O verde, a preservação ambiental, os rios e cachoeiras são motivos de orgulho para os lumiarenses. Os recursos naturais da região são o principal atrativo turístico e coloca Lumiar como um dos principais refúgios dos cariocas, “rivalizando” com a Região dos Lagos. De acordo com Sílvia, a crise financeira que atingiu muita gente nos últimos anos também contribuiu para colocar Lumiar no mapa turístico.

“A crise que vem atingindo muita gente e fez com que muitos moradores do Rio e Niterói passassem a escolher roteiros de fim de semana e feriadões mais perto de casa ao invés de viagens longas. Temos recebido visitantes vindos de diversas cidades do estado. Pessoas que não deixam de viajar, mas se adaptam em tempos de crise”, afirma a presidente da Associação de Moradores de Lumiar.

Um destino com muitas atrações

Encontro dos Rios

A seis quilômetros da praça central de Lumiar, a Carlos Marchon, e a cerca de 40 quilômetros do Centro de Friburgo, encontra-se um dos destinos mais conhecidos e frequentados, tanto por friburguenses como por turistas: o encontro dos rios Macaé e Bonito.

O local permite um banho tranquilo, em águas calmas e límpidas. A temperatura da água é ideal para quem quer se refrescar. A região faz parte do Parque Nacional dos Três Picos, no distrito de Lumiar, e é cercada por Mata Atlântica. O Encontro dos Rios forma um parque com variadas quedas d’água e atrativos naturais. Para os mais radicais, o local possibilita um rafting (prática de descida em corredeiras em equipe utilizando botes infláveis e equipamentos de segurança).

Poço Feio

A cerca de dois quilômetros do centro de Lumiar, o Poço Feio é uma propriedade particular, mas, por R$ 10, valor cobrado para entrar no local, com direito a estacionamento exclusivo, os frequentadores podem curtir um cenário de pura beleza natural e o melhor: banho de rio em águas cristalinas e energizantes. O local possui uma faixa de areia extensa que se assemelha a uma praia, na qual as pessoas podem se estabelecer com comodidade. Para aumentar a segurança dos frequentadores, durante o horário de funcionamento existe um salva-vidas de plantão, além de cordas para isolar local onde há forte correnteza.

Polo Cultural

O quinto distrito também tem se destacado por ser um já consolidado polo cultural muito rico. São muitos centros produtores e exportadores de diversas artes que abrilhantam o quinto distrito. Cineclube, Centro de Artes de Lumiar, Tribuna Livre Cultural, Banda Euterpe Lumiarense, entre outros.

O Cineclube Lumiar completou dez anos de atividades ininterruptas em fevereiro deste ano, mantido por um grupo de voluntários o cineclube de Lumiar é o mais antigo do Brasil em atividade regular semanal. As exibições de longas e curta metragens acontecem todo o domingo, às 19h, e são gratuitas.

O Centro de Artes de Lumiar (Calu), existente há dois anos, foi fundado por quatro artistas que viram a necessidade de criar no distrito de Lumiar um espaço voltado para as manifestações artísticas, principalmente da dança. Em pouco tempo o Calu, criado por Márcio Cunha, Juliana Nogueira, Renata Reinheimer e Luiz Domingos ganhou cara, forma e um lugar no coração de muitos lumiarenses. Com duas salas grandes e confortáveis, é possível fazer cerca de 40 cursos de dança, aulas de yoga, de pilates acrobático (com tecidos) e de circo. O Calu já conta com 200 alunos.

A Sociedade Musical Euterpe Lumiarense, fundada há 127 anos, tem por missão institucional promover o acesso à cultura, com ênfase no desenvolvimento de trabalho sociocultural voltado para crianças, adolescentes e idosos em situação de vulnerabilidade social, a revitalização da centenária banda de música Euterpe Lumiarense e o resgate do patrimônio histórico, natural e cultural do 5º e 7º distritos de Nova Friburgo, englobando todas as suas respectivas localidades, com o reconhecimento e valorização da cultura tradicional local.

O que pode melhorar

Por conta da distância até o centro da cidade e por ser um destino turístico, Lumiar precisa urgentemente de uma melhora nos serviços bancários. “O distrito precisa que as agências bancárias tenham unidades, aqui. Não temos caixas eletrônicos e quando necessitamos fazer alguma atividade bancária, não temos opção a não ser ir até o centro da cidade. E quem vai de ônibus perde praticamente o dia todo para resolver algo que poderia ser resolvido no próprio distrito”, observa Sílvia Faltz.

Na saúde, Sílvia alertou para a necessidade de reforma do posto de saúde que já tem verba liberada, mas a obra até agora não foi iniciada. “Nós temos um posto de saúde que funciona em condições precárias. Ele precisa urgentemente de uma reforma. A verba autorizada de R$140 mil para fazer essas obras de reparo depende apenas de uma licitação para ser iniciada. Pelo que estou sabendo, vai ser iniciada uma licitação no próximo dia 18, vamos ficar no aguardo para novos desdobramentos”.

A rodovia RJ-142, alvo de reclamações constantes por parte dos moradores e motoristas, começou a receber reparos feitos por funcionários do governo do estado. No planejamento estão incluídas roçadas, capinas e manutenção da pista.

 

LEIA MAIS

Durante mais de 70 horas, LumiAR-TE promoverá mais de 35 atividades gratuitas, reunindo talentos locais

Jardineira, ainda muito pouco divulgada, é quase um "trem fantasma”. Prefeitura planeja circuitos com várias paradas

Espaço, incluindo o restaurante, funciona de quinta a domingo

Publicidade
TAGS: Turismo