Lingerie adornada com joias: tendência que pode fomentar negócios

Programa capacitará empresas de ambos os setores para produção conjunta de peças com alto valor agregado
segunda-feira, 10 de julho de 2017
por Karine Knust
Foto de capa
Lingerie adornada com joia apresentada na Fevest (Fot: Divulgação)

Logo no início do corredor que levou o público para conhecer as novidades da Fevest Festival 2017, uma peça chamou atenção pelo glamour. Uma lingerie combinada com uma joia, trabalho conceitual, fruto do Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias (Procompi). Nele, empresas do polo de moda íntima de Nova Friburgo e de joias e bijuterias do Rio de Janeiro poderão ter seus negócios alavancados por meio de parcerias e capacitações. A iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e do Sebrae será coordenada pelo Sistema Firjan no Estado do Rio.

De acordo com Ana Carla Torres, coordenadora de moda do Sistema Firjan, a proposta do Procompi é capacitar gratuitamente 26 empresas de joias e bijuterias e moda íntima para o desenvolvimento conjunto de produtos de alto valor agregado. O programa contará com a formação de 13 duplas de empresas, cada uma composta por uma indústria de confecção e outra de joias.

Durante um ano, elas assistirão a seis workshops, que irão abordar temas como gestão, processo produtivo, etapas de comercialização e desenvolvimento de produto. As empresas selecionadas também ganharão consultorias, presenciais e à distância, para cada tema abordado nesses encontros.

O projeto foi elaborado em conjunto com o Sindicato das Indústrias do Vestuário de Nova Friburgo (Sindvest) e o Sindicato das Indústrias da Joalheria e Lapidação de Pedras Preciosas do Estado do Rio de Janeiro (Sindijoias).

A Fevest, mais importante feira brasileira do setor de moda íntima, praia, fitness e matéria-prima, é também o principal evento de negócios de Nova Friburgo e o maior polo fabricante de moda íntima em todo o Brasil. A feira é uma realização do Sindvest, promovida pelo Sistema Firjan e Sebrae, com o apoio do Conselho da Moda, Prefeitura de Nova Friburgo, Nova Friburgo Country Clube, Abit; e organização da Teia de Eventos.

Inscrição

As empresas interessadas em participar do Procompi poderão pleitear a adesão ao programa por meio do preenchimento de um formulário disponível até 13 de julho. Após o período de inscrição, o corpo técnico do Senai realizará uma curadoria em conjunto com os sindicatos e o Sebrae para seleção das indústrias.

De acordo com Ana Carla, a pesquisa norteará os empresários participantes do Procompi na criação de seus projetos: “Vamos desenvolver o produto em cima do resultado da pesquisa de consumo feita na Fevest. A ideia do programa é responder ao que o público consumidor espera da moda íntima”.

As coleções desenvolvidas ao longo do programa serão exibidas na edição 2018 da Fevest. Para mais informações, envie um e-mail para cadeiadamoda@firjan.com.br. Nesta página é possível encontrar um link para preencher um formulário de inscrição: www.firjan.com.br/noticias/procompi-1.htm

 

LEIA MAIS

Mercadorias estavam sendo transportadas sem nota fiscal, na altura de Bom Jardim

Evento chega ao fim com R$ 54 milhões em negócios. Cerca de 11 mil pessoas passaram pelos estandes só neste fim de semana

Cheia de atitude dentro e fora da passarela, atriz critica busca e cobrança exageradas pela perfeição, exalta autenticidade e se diz feliz por estar em Friburgo

Publicidade
Agora Faz
TAGS: Fevest