Kayque Xavier fatura ouro em estreia na categoria Adulto

Agora maior de idade, jiujita terá desafios à altura da maturidade que os 18 anos irão lhe cobrar
sexta-feira, 26 de janeiro de 2018
por Vinicius Gastin
Foto de capa

 Agora maior de idade, o jovem Kayque Xavier terá desafios à altura da maturidade que os 18 anos irão lhe cobrar. Se depender do primeiro resultado a rotina de conquistas e bons resultados não será alterada mesmo com a mudança de categoria. O atleta friburguense participou, pela primeira vez, no último domingo, 21, de uma competição na modalidade Adulto na World Jiu-Jitsu Championship, e o resultado foi uma medalha de ouro na categoria Azul Galo. O evento aconteceu na Arena Carioca, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

O promissor lutador participou de todas as lutas possíveis durante a competição até a conquista do título. O primeiro desempenho positivo reforça a crescente de Kayque, que apenas em 2017, conquistou 22 medalhas em competições diversas, sendo 18 delas em eventos organizados pela IBJJF (International Brazilian Jiu-Jitsu Federation, entidade que regulamenta a prática do jiu-jitsu brasileiro em todo o mundo). O friburguense faturou campeonatos do Internacional Open em capitais como Salvador, Florianópolis, Belo Horizonte, Curitiba, além de Brasília.

“Fiz minha estreia na categoria adulto e graças a Deus deu tudo certo, lutei todas as lutas bem e fui campeão. Quero agradecer a Deus por tudo e aos meus pais, meu tio Adriano, a todos os amigos que me ajudaram, ao mestre Quick e ao instrutor Mário Junior. Agradeço também aos meus patrocinadores pelo apoio de sempre, pois a parceria de vocês é fundamental para me levar ao lugar mais alto do pódio: Comercial Têxtil, Mercado do Jadir, SAF. Também agradeço aos apoios da Camidia Express, Powerpump Suplementos e Estação Saúde”.

 

LEIA MAIS

Edson Barboza é o número 4 no ranking atualizado dos leves, enquanto Moraes é o quinto entre os galos

Com menos de 18 anos, friburguense se destaca nos cenários nacional e internacional do esporte

Marlon Moraes é eleito um dos melhores estreantes do UFC em 2017. Já Edson Barboza recebe suspensão médica

Publicidade
Agora Faz
TAGS: jiu-jitsu | UFC