Investigadores querem saber de onde veio arsenal encontrado em Salinas

Para a polícia, suspeito pode ter relação com o tráfico. Armas, munição e bombas estavam escondidas em parede falsa
quinta-feira, 10 de maio de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
O arsenal encontrado na casa do suspeito (Foto: 11 BPM)

O delegado titular da 151ª DP, Adriano França, quer esclarecer a origem do arsenal de armas, munições e bombas encontradas, na quarta-feira, 9, na casa de um homem, em Salinas, distrito de Campo Coelho, acusado de atentados a bomba à família da ex-companheira. Ele foi preso durante operação da Polícia Civil, com apoio do 11º BPM.

“Diante do vasto material apreendido, as investigações continuam para saber a origem das armas, a destinação, bem como saber se o investigado possui alguma relação com o tráfico na região”, declarou o delegado. Na casa, os policiais encontraram 39 armas, entre revólveres, pistolas, 38 artefatos explosivos, 908 munições, inclusive de fuzis, além de carregadores diversos, mecanismo para recarga de cartucho para vários calibres e diversos acessórios para armas de fogo. Tudo isso estava escondido em uma parede falsa em um closet do quarto do homem.

As armas foram encontradas durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão, expedido pela 2ª Vara Criminal de Nova Friburgo. O homem é investigado por lançar artefatos explosivos em imóveis da família de sua ex-companheira, em Conquista, como forma de intimidação. Segundo a polícia, o acusado não aceitava a separação e lidava com um impasse pela guarda do filho de 17 anos.

O último atentado ocorreu no dia 19 de abril. O homem lançou, de acordo com as investigações, uma bomba ao lado de um estabelecimento comercial da família e fugiu pela rodovia RJ-130. Com o estrondo, vidros e telhas do imóvel se quebraram. A caixa d’água e a parede do local também ficaram danificadas. Não houve feridos na ocasião.

As intimidações ocorriam desde 2014. No mais recente, em abril, câmeras de segurança registraram a fuga do acusado. Através de imagens da motocicleta e das roupas que ele usava no dia, os agentes conseguiram identificá-lo. Durante a operação policial na quarta-feira, na casa do homem, além do arsenal, os policiais encontraram as roupas e a moto usadas por ele no dia no atentado.

 

LEIA MAIS

Acusado é suspeito de lançar explosivos contra imóveis de família da ex-mulher, em Conquista

Em Lumiar, filho denuncia pai à polícia por fazer disparos de espingarda em casa

Com os suspeitos foram encontrados um revólver 38, uma pistola 9 milímetros e oito projéteis calibre 38

Publicidade
Agora Faz
TAGS: armas