Horto Municipal: uma beleza quase desconhecida

Com 88 anos, Oswandil Quimas se dedica a cuidar das mudas do horto municipal e impressiona pelo conhecimento sobre o assunto
domingo, 25 de outubro de 2015
por Karine Knust
Foto de capa
Com 88 anos, Oswandil Quimas se dedica a cuidar das mudas do horto municipal e impressiona pelo conhecimento sobre o assunto (Foto: Amanda Tinoco)

“Essa é uma Nerium oleander da família Apocynaceae. Ela tem o nome popular de espirradeira. Tem um cheiro muito bom, mas é tóxica.” Andando entre as flores do extenso jardim, Oswandil Carlos Quimas faz questão de nos mostrar atentamente as mudas que cultiva. Um homem simples, de sorriso sincero, curioso e apaixonado por botânica, com 88 anos de idade e 32 como funcionário público municipal. Seu Oswandil é o coordenador de jardinagem de um local que muitos friburguenses nem sequer sabem que existe: o Horto Municipal.   

Localizado na Rua Princesa Izabel, no bairro Vale dos Pinheiros, o horto fornece à Prefeitura grande parte das espécies de árvores, plantas e flores para serem utilizadas nos jardins e praças de Nova Friburgo. Próximo ao centro da cidade, o local deveria ser uma boa opção turística, principalmente nesta estação das flores, no entanto, a pequena divulgação e a tímida placa de identificação, que parece estar camuflada pela vegetação e dá um aspecto de abandono ao local, fazem do horto um espaço pouco conhecido.

Em 2011, o local sofreu com a forte tempestade que abalou a região. Seu Oswandil conta que, como ficou fechado por alguns dias devido ao caos que se encontrava a cidade, as plantas morreram sufocadas e foi preciso recomeçar o trabalho do zero. “Plantamos tudo novamente”, diz ele. Muitas espécies, que são regadas pela água de uma nascente, foram trazidas pelo próprio Oswandil e outras doadas pela população. “Já chegamos a receber mudas até do Rio Grande do Sul”, conta ele, orgulhoso.

Além de seu Oswandil, o horto municipal também conta com os cuidados de outro trabalhador supervisionado por ele, Marcos Nunes, de 52 anos.

Segundo a Secretaria Municipal de Serviços Públicos, atualmente o espaço conta com mais de 70 espécies de plantas e é possível adquirir mudas, mas, para isso, é preciso solicitar autorização junto à secretaria. Além de receber doações de plantas da população, em nota a Secretaria ainda esclareceu que “o recebimento de mudas ocorre em contrapartida ao meio ambiente. Quando é solicitado ao órgão corte ou movimentação de terra, o solicitante, em contrapartida, deve doar mudas nativas que são entregues ao horto sempre nas terças e quintas- feiras”. O horto funciona das 8h às 11h e das 12h às 16h.

LEIA MAIS

Após denúncia,‭ ‬órgão fez inspeções e pediu explicações‭ ‬à‭ ‬Prefeitura

Toras que deveriam ser reaproveitadas estão jogadas no chão

  • (Fotos: Amanda Tinoco)

    (Fotos: Amanda Tinoco)

Publicidade
Agora Faz
URL da notícia: