Horário especial do comércio para o Natal começa dia 1º

Acordo permite abertura mais cedo e funcionamento até mais tarde, até dia 24. Confira o esquema dia a dia
sexta-feira, 24 de novembro de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

A partir da próxima sexta-feira, 1º, ao comércio de Nova Friburgo poderá estender seu horário de funcionamento em função das compras de Natal. Acordo neste sentido foi firmado entre o Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) e o Sindicato dos Empregados no Comércio da cidade. O horário especial de dezembro, que inclui domingos e manhãs de segundas-feiras, vai vigorar até o dia 24.

Do dia 1º ao dia 9, o comércio está autorizado a funcionar até 20h. Do dia 11 ao dia 23, até 22h. Pelo acordo, as lojas ainda podem abrir até 22h nos domingos 3, 10, 17 e 24, e às 9h nas segundas-feiras 4, 11 e 18.

O presidente do Sincomércio e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Braulio Rezende, explica que a iniciativa visa a incrementar as vendas no período de Natal e dar mais conforto aos consumidores.  “Muitas pessoas trabalham até mais tarde e não conseguem ir às lojas durante o expediente normal. A ampliação do horário facilita a vida dos consumidores, daqui e de outros municípios, que procuram nosso comércio para escolher presentes de Natal”.

Braulio destaca que consultas realizadas ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) mostram que, nas datas mais importantes do calendário do varejo, o comércio da cidade atende tanto moradores da região vizinha quanto de municípios mais distantes, como Rio das Ostras, Macaé, Itaocara, Casimiro de Abreu, Campos e Itaperuna.

“Com essa extensão de horários, esperamos contribuir para aumentar o movimento no comércio de Nova Friburgo neste fim de ano. Nosso setor precisa de um Natal próspero para superar as dificuldades enfrentadas em 2017”, comentou Braulio.

 

LEIA MAIS

Spinelli, por exemplo, inaugurou conceito inovador de departamentos, vendendo desde material para construir até móveis e eletrodomésticos

Lojas do Centro vendendo produtos requintados como alfinetes de ouro e relógios de marca já conviviam com ambulantes

Bar Central começou reunindo operários das fábricas e virou reduto de toda a sociedade friburguense

Publicidade
Agora Faz
TAGS: comércio