Frizão lança programa Sócio-Torcedor

Sem as cotas de televisão, o Friburguense busca novas fontes de receitas
sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
Utilização da estrutura do Eduardo Guinle é um dos atrativos dos pacotes do programa (Fotos: Divulgação)

Em busca de novas receitas, o Friburguense adere à estratégia de diversos clubes do país em busca de fidelizar a sua torcida. O clube lançou oficialmente o programa Sócio-Torcedor, que já disponibiliza a adesão através do site oficial do projeto. O primeiro passo foi a definição da logo oficial, através de votação feita na página do clube em uma rede social. A partir da escolha da maioria dos torcedores participantes da enquete, o portal do programa ganhou retoques e está disponível pelo endereço www.soufriburguense.com.

Através da aba "Planos Sócio Torcedor", a torcida tricolor pode verificar os planos e ter a opção de aderir a algum dos pacotes oferecidos. No portal também estão disponíveis algumas notícias, fotos e informações diversas. Aos poucos, novos conteúdos serão adicionados.

Os pacotes disponíveis oferecem diversos benefícios de acordo com os preços, que variam entre R$ 13 e R$ 105 por mês. São cinco opções diferentes: sócio bronze, prata, ouro, vip e premium. Todas elas oferecem descontos nos jogos do Friburguense; utilização da pista de atletismo do Eduardo Guinle das 6h30 às 8h45 e das 17h30 às 19h30; descontos no Clube de Vantagens; cupom para participar do sorteio de uma camisa e carteirinha exclusiva de sócio torcedor. Dependendo do pacote, há sorteio de camisa, brindes, prioridade na compra de ingressos com bilheteria exclusiva, possibilidade de o filho entrar em campo com a equipe, avaliação física e fisioterapia básica com os profissionais do clube.

"É uma força para quem está buscando novos tipos de receitas. Em um espaço tão curto de tempo, já conseguimos um retorno de pessoas que entendem que o sócio-torcedor pode ser uma forma de atividade física, fisioterapia e de ajuda ao clube. Temos tudo para obter uma nova fonte de receita que dará certo, baseado no que vemos em grandes clubes. O programa atende desde quem quiser estar no Eduardo Guinle apenas para fazer simplesmente uma caminhada ou para assistir aos jogos", explica o gerente de futebol, José Siqueira.

Sem as cotas de televisão, por conta da queda para a segunda divisão estadual, o Friburguense busca novas fontes de receitas. Sem o dinheiro do Carioca, o Frizão deixou de arrecadar cerca de R$ 1,5 milhão, o que compromete todo o planejamento do ano. A Stam, patrocinadora master, renovou contrato ainda no ano passado.

Recentemente, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro anunciou que os clubes das séries B1 e B2 terão isenção de 100% das despesas de jogo no borderô, o que pode contribuir para amenizar os prejuízos em dias de jogos do Tricolor da Serra.

LEIA MAIS

Vitória pode recolocar o Tricolor da Serra em boa situação para brigar pela classificação

O volante, que atuou improvisado como zagueiro, lamenta a eliminação

Com o resultado, o Friburguense se despede da Copa do Brasil logo na primeira fase

  • Site especial foi criado para a adesão ao programa Sócio-Torcedor

    Site especial foi criado para a adesão ao programa Sócio-Torcedor

  • Utilização da estrutura do Eduardo Guinle é um dos atrativos dos pacotes do programa

    Utilização da estrutura do Eduardo Guinle é um dos atrativos dos pacotes do programa

Publicidade