Friburguenses na Flórida relatam tensão com a passagem do Irma

“Força do vento foi impressionante”, conta Tetê Balbi Mosso diretamente de Fort Lauderdale
segunda-feira, 11 de setembro de 2017
por Dayane Emrich
Foto de capa
A destruição na casa de Nadir Lamblet em Coconut Creek, na Flórida (Arquivo pessoal)

O furacão Irma, que atingiu o estado da Flórida neste domingo, 10, provocou fortes inundações em Miami, destruições na costa Oeste e isolou a cidade de Key West, nos EUA. De acordo com o governo americano, pelo menos três pessoas morreram e cerca de três milhões ficaram sem eletricidade. A equipe de reportagem da VOZ DA SERRA entrou em contato com duas friburguenses que moram no estado. Em entrevista exclusiva, elas relataram o que viram e qual é a atual situação das cidades onde vivem.

“Graças a Deus estamos bem. Diferentemente de tantos outros lugares, onde ficamos não faltou energia em momento nenhum. Agora pela tarde vim ver a situação da minha casa e, no caminho, me deparei com muitas árvores caídas, galhos espalhados e muitas telhas que foram arrancadas. Felizmente a minha casa sofreu apenas alguns danos, há um vazamento de água, mas nada grave. Tem muitas pessoas já se mobilizando para a limpeza das ruas e residências”, disse Nadir Lamblet, que mora há dois anos e meio na cidade de Coconut Creek, na Flórida. Ela e mais três amigas se abrigaram na cidade vizinha de Deerfiel Beach.

Já a jornalista Tetê Balbi Mosso, que mora há 25 anos com a família na cidade de Fort Lauderdale, a 40 minutos de Miami (foto acima), contou que ela e os familiares estão bem, mas ainda sem luz e telefone. “A força do vento foi algo impressionante e era muita água também. Um furacão é sempre assustador. Agora estamos saindo pela vizinhança para ver os estragos e ajudar da forma que pudermos”, contou.

A passagem do Irma deixou 38 mortos no Caribe; dez em Cuba  e pelo menos três  nos EUA. Ao todo, 6,3 milhões de pessoas saíram da Flórida e 65% do estado estão sem luz.

 

  • Os rastros do furacão em Fort Lauderlale (Arquivo pessoal de Tetê Balbi Mosso)

    Os rastros do furacão em Fort Lauderlale (Arquivo pessoal de Tetê Balbi Mosso)

  • Os rastros do furacão em Fort Lauderlale (Arquivo pessoal de Tetê Balbi Mosso)

    Os rastros do furacão em Fort Lauderlale (Arquivo pessoal de Tetê Balbi Mosso)

  • Os rastros do furacão em Fort Lauderlale (Arquivo pessoal de Tetê Balbi Mosso)

    Os rastros do furacão em Fort Lauderlale (Arquivo pessoal de Tetê Balbi Mosso)

Publicidade
Agora Faz
TAGS: