Friburguense e Serra Macaense empatam em jogo morno

O Tricolor da Serra é apenas o sexto colocado do grupo B. Equipe volta a campo domingo para enfrentar o Barcelona no Marrentão
segunda-feira, 07 de agosto de 2017
por Vinicius Gastin
Foto de capa
Lohan lutou bastante, mas encontrou poucos espaços na fechada defesa macaense

 

Um jogo morno no primeiro tempo e mais aberto no segundo, com os times alternando o domínio do duelo. Melhor nos 20 primeiros minutos da etapa final, o Friburguense sentiu as duas alterações por lesão e viu o Serra Macaense crescer ao explorar o lado direito de ataque. No entanto, faltou inspiração para furar as metas de Afonso e Johnatan na tarde do último sábado, 5, no Eduardo Guinle.

O Tricolor da Serra é apenas o sexto colocado do grupo B, com oito pontos, três a menos que o vice-líder Tigres. A equipe volta a campo no próximo domingo, 13, para enfrentar o Barcelona, às 15h, no Marrentão.

Mais do que apenas ser regular no segundo turno do campeonato carioca. A vitória contra o Serra Macaense tornou-se quase que uma questão de sobrevivência para quem buscava as semifinais através não só da Taça Corcovado, como também da classificação geral. Com a bola no campo de ataque, o Friburguense tentou fazer valer o fator da casa e tomou a iniciativa. Roberto Junior percebeu a infiltração de Rafael, que rolou para Lucas Toledo fazer o levantamento. Jefinho subiu, não alcançou e a defesa cortou pelo alto. Na cobrança de escanteio de Yan, Lohan subiu mais que a zaga para cabecear, mas Jhonatan não teve dificuldades para defender no centro do gol. As descidas pela direita eram o caminho mais utilizado, por onde Yan conseguia algum sucesso.

O Serra, por sua vez, parecia esperar pelo erro tricolor, que aconteceu aos 12 minutos. A partir de um passe equivocado surgiu uma falta pela esquerda, cobrada e concluída com susto ao gol de Afonso. Susto de fato – e preocupante – foi o lance envolvendo o zagueiro Roberto Junior, que precisou de maiores cuidados e foi atendido dentro da ambulância. Com uma touca de natação, o defensor voltou a campo e Merica não precisou queimar a sua primeira substituição.

Aos 22, o Serra encontrou os espaços que tanto procurou durante os primeiros minutos. Wanderson penetrou pelo meio da zaga e bateu cruzado, com perigo, à esquerda de Afonso. O detalhe é que Bidu não o acompanhou, denunciando o problema muscular que o tirou do jogo na sequência. Everton foi o escolhido para substituí-lo. O panorama pouco mudou, e o Friburguense voltou a ameaçar na falta cobrada por Yan, aos 26, cruzando a grande área e se perdendo pela linha de fundo. Pouco depois, Lohan deixou a grande área para arriscar o chute da intermediária, com perigo, rente à trave esquerda.

Na individualidade, o Tricolor da Serra construiu a sua melhor possibilidade: Gleison foi derrubado na risca da grande área após a tentativa do drible. O camisa dez cobrou, mas com desvio. Na cobrança do escanteio, um lance incrível: Bruno desviou, Everton dominou e bateu, mas Johnatan conseguiu tocar. A bola subiu, tocou o travessão e foi dominada em definitivo pelo goleiro macaense. Aos 41 minutos, um lance que poderia resumir a primeira etapa: Bruno tentou a ligação direta, a defesa do Serra cortou e o ataque visitante não conseguiu aproveitar. Tirando as tentativas individuais do Frizão e a bola parada perigosa, faltou inspiração para as duas equipes.

Segundo tempo

Após resistir ao choque de cabeça no primeiro tempo e utilizar uma touca para permanecer em campo, Roberto Junior não conseguiu retornar do intervalo. Jefferson foi a campo, e obrigou o improviso de Everton ao lado de Bruno na defesa. Numa inversão de estratégias, o Friburguense conseguiu roubar a bola do Serra e contra atacar com Jefinho. Apesar das opções de passe, o meia arriscou o chute para a defesa de Johnatan. O ritmo do jogo foi outro na etapa final, e se o Frizão ameaçou na cabeçada de Lohan, após boa jogada de Lucas Toledo, o Serra respondeu na arrancada de Biel. O camisa nove tentou de perna esquerda, mas parou na intervenção segura de Afonso.

Pouco depois, Lohan ganhou a briga pelo alto e cabeceou para fora. A inspiração que talvez tenha faltado na primeira etapa sobrou a Gleison aos 16 minutos: pela esquerda, colocou entre as pernas do primeiro marcador, limpou o segundo e bateu. A bola resvalou em Jarles, já impedido, e não entrou. Pouco depois, o Friburguense finalizaria novamente com Gleison, de cabeça, por cima da meta. Um time que chegava com mais perigo e conseguia finalizar mais vezes ao gol adversário.

Com a entrada de Luquinha, o Serra Macaense buscava prender Lucas Toledo e explorar o improviso de Everton. Deu relativamente certo. Luquinha deu trabalho, enquanto Lucas já não apoiava mais. Por ali, Wandinho arrancou pela direita, ganhou de Everton e bateu para a grande defesa de Afonso. O Friburguense respirou e voltou a ameaçar na falta cobrada por Yan. A bola passou pelo goleiro Jhonatan, mas Jarles não conseguiu cabecear na direção do gol. Mais abertas, as duas equipes proporcionaram minutos finais de mais emoção. O Serra, perigoso pelo lado direito, e o Friburguense apostando na velocidade. Faltou realmente o algo mais, restando apenas o registro da expulsão de Rafael aos 46 minutos. 

Ficha Técnica

Friburguense 0x0 Serra Macaense

Campeonato carioca série B 2017

Taça Corcovado – 6ª rodada (2º turno)

Estádio Eduardo Guinle, Nova Friburgo-RJ

05/08/2017 – 15h

 

Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda

Assistente: Thiago Varela

 

Friburguense: Afonso; Yan, Bruno, Roberto Junior (Jefferson) e Lucas Toledo; Bidu (Everton), Rafael, Jefinho e Gleison; Ziquinha (Jarles) e Lohan.

Técnico: Merica

 

Serra Macaense: Jonathan; Valença, Círio, Aldo e Wanderson; Leanderson, Vico, Alisson (Luquinha) e Washington (Ramon); Wandinho e Biel.

Técnico: Luiz Felipe

 

LEIA MAIS

Sorteio da tabela está previsto para março e bola começa a rolar em 19 de maio

Partidas decisivas acontecem neste sábado, no Campo do Serrano: Vargem Alta enfrenta Varginha e Unidos do Alto joga com Botafoguinho

Redes balançaram 19 vezes em 3 jogos na última rodada, com direito a goleada e a empate com oito gols

Publicidade
Agora Faz
TAGS: futebol