Friburgo terá vacinação noturna contra febre amarela

Esquema especial em horário alternativo, nesta quinta, visa a imunizar trabalhadores com dificuldades para se ausentar do serviço
quarta-feira, 31 de janeiro de 2018
por Karine Knust
Foto de capa

Quem ainda não se imunizou contra a febre amarela devido à rotina de trabalho intensa terá uma boa oportunidade de se proteger da doença. A Secretaria municipal de Saúde montou um esquema especial de horários alternativos de vacinação para atender os trabalhadores friburguenses.

Para quem é funcionário da Administração Municipal, a prefeitura organizou nesta quarta-feira, 31, um ponto de vacinação no pátio do próprio Palácio Barão de Nova Friburgo, com atendimento até as 16h. Já nesta quinta-feira, 1º de fevereiro, a vacinação será destinada aos trabalhadores em geral e acontece em três localidades. São elas: Posto Tunney Kassuga, em Olaria; Waldir Costa, em Conselheiro Paulino e a sede da Vigilância em Saúde, na Rua Augusto Cardoso,  no Centro. As unidades vão oferecer a vacina contra a febre amarela entre 17h e 21h.

De acordo com o município, o esquema foi montado para que “os trabalhadores que estão saindo das empresas, confecções e comércio possam se proteger”.

Domingo, nova campanha

Além das ações voltadas para o dia D do trabalhador, a programação de vacinação nos bairros continua. Também nesta quinta-feira haverá vacinação especial nas Unidades de Estratégia de Saúde da Família de Amparo e Nova Suíça, das 9h às 16h. A vacina também será oferecida na Escola Municipal Hermínia Santos Silva, na Chácara do Paraíso, das 13h às 18h.

A Estação Livre, no Centro, também será palco da campanha de vacinação. No próximo domingo, 4, haverá imunização das 9h às 16h. De acordo com o município, o cronograma de vacinação nos postos de saúde, divulgado previamente, segue acontecendo normalmente. “Todas essas ações serão simultâneas aos atendimentos já programados”.

Às segundas-feiras, das 9h às 16h, a imunização acontece no posto de saúde Waldyr Costa, no distrito de Conselheiro Paulino. Às quartas-feiras, também das 9h às 16h, é a vez do Posto Sylvio Henrique Braune, no Suspiro. Já nas quinta-feiras, é possível se vacinar no posto Copertino Nogueira, no bairro São Geraldo, das 8h às 11h. Nas sextas-feiras, a imunização é oferecida em duas unidades: das 8h às 11h no posto de saúde Ariosto Bento de Mello, no Cordoeira, e das 9h às 16h no posto de saúde Tunney Kassuga, no bairro Olaria.

Vale destacar que a vacina para pessoas com 60 anos ou mais só é indicada após liberação de um médico e apresentação do atestado. O mesmo acontece com gestantes. Quem já se vacinou, não precisa mais comparecer a um ponto de atendimento. Apenas uma dose já é suficiente para estar protegido.

Novos casos

Subiu para 32 o número de casos de febre amarela no Estado do Rio, informou o boletim epidemiológico divulgado pelo Secretaria Estadual de Saúde nesta última terça-feira, 30. Destes casos confirmados, 11 pacientes morreram devido à doença.

Na Região Serrana, o mais recente caso de morte (até esta terça, 30) foi o de um morador de Cantagalo. Por lá, também foi confirmada mais uma contaminação pela febre. Até a manhã desta quarta, 31, a prefeitura do município vizinho, entretanto, ainda não havia divulgou maiores informações sobre os casos.

Na tarde da última terça a prefeitura de Teresópolis chegou a confirmar mais um caso de febre amarela na cidade elevando para cinco o número de infectados, mas a informação foi alterada na manhã desta quarta. De acordo com a prefeitura do município, o equívoco se deu porque “Um paciente, de Soledade, que pertence ao município de Sumidouro, que faz divisa com Teresópolis, estava sendo contabilizado por aqui (Teresópolis)”, informou o governo da cidade, através de nota.

Com os novos casos, a Região Serrana passa a ter 14 casos confirmados de febre amarela até a manhã desta quarta: 4 em Teresópolis, sendo dois óbitos; 1 em Nova Friburgo, sendo um óbito; 1 em Petrópolis; 2 em Duas Barras; 3 em Sumidouro; 2 em Cantagalo, sendo um óbito; 1 em Carmo.

 

LEIA MAIS

Jardim Ouro Preto, Riograndina e Conselheiro serão as próximas localidades a ganhar equipamentos

Último levantamento divulgado pela Secretaria de Saúde indica que menos de 25% do público-alvo já se imunizou

Ele ocupa Secretarias de Saúde e Assistência Social. Promotoria afirma que lei proíbe acumulação de cargos e recomenda exoneração

Publicidade
Agora Faz