Friburgo perde Rodrigo Ventura aos 43 anos

Filho de Geraldo Ventura (Teleco), ele morava em Taubaté (SP), administrando rede de franquias de equipamentos para engenharia civil
sexta-feira, 24 de novembro de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
Rodrigo Ventura (Álbum de família)

Faleceu nesta quinta-feira, 23, em São Paulo, aos 43 anos, Rodrigo Ventura, filho de Geraldo Rangel Ventura, o conhecido Teleco, e Maria do Carmo. Rodrigo era turismólogo, mas, desde cedo, seguiu os passos do pai, ajudando no empreendimento da família, a tradicional Vidraçaria Ventura, na Rua Duque de Caxias, no Centro de Nova Friburgo.

Influenciado pelo pai, Rodrigo tomou gosto pela música e integrou o Grupo Arte, Movimento e Ação (Gama), no qual participou de diversos espetáculos. Ultimamente morava em Taubaté, no interior paulista, administrando uma rede de franquias de equipamentos para engenharia civil. 

Rodrigo deixa dois filhos, Bernardo e Juliano, e a esposa Daniele. Seu corpo foi transladado para Nova Friburgo nesta sexta-feira, 24, sendo velado no Memorial SAF em Duas Pedras. O corpo será cremado no cemitério luterano Jardim da Paz, no Paissandu. 

A família Rangel Ventura, a direção e equipe de A VOZ DA SERRA manifesta os votos do mais profundo pesar pela perda de Rodrigo.

 

LEIA MAIS

Realizador de clássicos como "O assalto ao trem pagador" lutava contra um câncer, no Rio

Deputado propõe batizar Serramar de "Rodovia Engenheiro Dr. Heródoto"

Em depoimentos, ex-colaboradores relembram o homem que dedicou toda a sua vida a lutar por Nova Friburgo

Publicidade
Agora Faz
TAGS: obituário