Friburgo perde Rodrigo Ventura aos 43 anos

Filho de Geraldo Ventura (Teleco), ele morava em Taubaté (SP), administrando rede de franquias de equipamentos para engenharia civil
sexta-feira, 24 de novembro de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
Rodrigo Ventura (Álbum de família)

Faleceu nesta quinta-feira, 23, em São Paulo, aos 43 anos, Rodrigo Ventura, filho de Geraldo Rangel Ventura, o conhecido Teleco, e Maria do Carmo. Rodrigo era turismólogo, mas, desde cedo, seguiu os passos do pai, ajudando no empreendimento da família, a tradicional Vidraçaria Ventura, na Rua Duque de Caxias, no Centro de Nova Friburgo.

Influenciado pelo pai, Rodrigo tomou gosto pela música e integrou o Grupo Arte, Movimento e Ação (Gama), no qual participou de diversos espetáculos. Ultimamente morava em Taubaté, no interior paulista, administrando uma rede de franquias de equipamentos para engenharia civil. 

Rodrigo deixa dois filhos, Bernardo e Juliano, e a esposa Daniele. Seu corpo foi transladado para Nova Friburgo nesta sexta-feira, 24, sendo velado no Memorial SAF em Duas Pedras. O corpo será cremado no cemitério luterano Jardim da Paz, no Paissandu. 

A família Rangel Ventura, a direção e equipe de A VOZ DA SERRA manifesta os votos do mais profundo pesar pela perda de Rodrigo.

 

LEIA MAIS

Escritora e trovadora friburguense, ela teve papel de destaque na vida cultural da cidade

Arquiteta sofreu acidente em casa na véspera do Natal

Escritor e pesquisador que digitalizou as atas da Câmara de 1820 a 1889 morre aos 95 anos

Publicidade
Agora Faz
TAGS: obituário