Flanelinha é detido por cobrar por estacionamento no Suspiro

Cobrança é ilegal, porque local é via pública livre para parar. Homem de 52 anos foi autuado
segunda-feira, 15 de janeiro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
A área de estacionamento na Praça do Suspiro (Arquivo AVS)

Um homem de 52 anos foi detido por policiais militares após cobrar R$ 5 de um motorista, de 41, para estacionar o carro na Praça do Suspiro, no Centro de Nova Friburgo. O caso aconteceu na tarde de sábado, 13.

De acordo com a Polícia Militar, o motorista acionou os policiais após ser cobrado, por volta das 15h. Ele ainda recebeu um tíquete do flanelinha para retirar o carro depois. O homem foi autuado e levado para a 151ª Delegacia de Polícia.

A PM informou que, como a praça é via pública, livre para estacionamento, não é permitido cobrança. O homem foi autuado por exercício ilegal da profissão porque não tem registro para atuar como guardador de carros. Ele foi liberado em seguida.

A VOZ DA SERRA entrou em contato com a Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana (Smomu) para saber se o governo realiza alguma fiscalização no local, mas não obteve resposta.

Não é o primeiro caso envolvendo flanelinhas do Suspiro e a polícia. Em maio de 2017, um homem de 39 anos foi detido por policiais do 11º BPM após dar uma volta com um carro que deveria ter estacionado no ponto turístico. Quando o proprietário do veículo voltou para a praça, não encontrou o carro na vaga.

O flanelinha alegou que usou o carro para ir ao distrito de Riograndina buscar uma chave reserva de outro veículo. Ele foi levado para a 151ª DP e autuado por apropriação indébita, já que saiu com o carro sem autorização do proprietário.

Publicidade
TAGS: