Exposições destacam mulheres importantes para arte e ciência

Mostras estarão em cartaz no Cadima Shopping e no Planetário de Nova Friburgo até o fim de março
quinta-feira, 08 de março de 2018
por Karine Knust (karine@avozdaserra.com.br)
Foto de capa
Agentes de trânsito entregam rosas a mulheres em Friburgo (Foto: Henrique Pinheiro)

O Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta quinta-feira, 8, foi cheio de homenagens em Nova Friburgo. Aquelas que passaram pela Avenida Alberto Braune durante a manhã foram presenteadas com flores distribuídas por agentes da Secretaria de Ordem e Mobilidade Urbana. Mas o dia marcante também foi oportunidade de destacar figuras femininas importantes para a arte e ciência. É que foram abertas duas exposições especiais na cidade.

Uma das mostras, que acontece na área livre do primeiro piso do Cadima Shopping, é a sobre a trajetória da atriz húngara naturalizada brasileira Eva Todor, que faleceu aos 98 anos, no final do ano passado. Organizada pela Colônia Húngara de Nova Friburgo, a exposição com fotos da atriz faz parte de um projeto que visa resgatar a história de húngaros que vieram para o Brasil. Para a presidente da colônia, Eva Bito, não haveria pessoa melhor para ser retratada neste mês.

“Eva sempre foi uma mulher muito expressiva, sensacional. Ser um imigrante não é fácil, mas ela soube ensinar que é possível transformar a dificuldade em oportunidade. O nome dela já é marcante, pois representa a primeira mulher da história da humanidade, a estrela maior do firmamento. Além de prestar uma homenagem e falar sobre a Hungria, essa exposição com essa mulher como destaque é uma boa oportunidade para que possamos repensar nosso legado”, acredita a presidente.

Outra exposição que ficará em exposição até o fim deste mês é a “Mulheres da Ciência”. Também inaugurada ontem, a mostra acontece no Planetário de Nova Friburgo, através do Clube de Astronomia (Canf). Reunindo fotos de algumas das grandes personalidades do mundo da astronomia e da astronáutica, a exposição revela informações sobre a trajetória de cada uma delas e sua importância no mundo da ciência.

Dentre os nomes em destaque na mostra está o de Yeda Veiga, a primeira astrônoma brasileira. Formada em Engenharia Civil e Elétrica, Yeda entrou para o Observatório Nacional do Rio de Janeiro ainda jovem, onde se dedicou à confecção do anuário de coordenadas astronômicas e a observação de passagens meridionais de estrelas para determinação da hora e a rotação da Terra.

Ainda dentre as personalidades citadas no evento também estão a descobridora da matéria escura, Vera Rubin; a primeira mulher astronauta, Valentina Tereshkova; a primeira astronauta americana, Sally Ride; e a primeira mulher a ocupar o cargo de assistente do Astrônomo da Corte e descobridora de diversos cometas, Caroline Herschel. O Planetário de Nova Friburgo fica na Via Expressa, ao lado do Ciep Licínio Teixeira, em Olaria, e funciona de terça a quinta-feira, das 9h às 15h. As duas exposições ficam em cartaz até o próximo dia 31.

 

LEIA MAIS

Sineida Berbert foi homenageada pela Associação Comercial e Empresarial de Maringá por trajetória inspiradora

Mulheres têm assumido mais cargos importantes, mas sempre em produções de baixo orçamento

Raíssa Moreira, de 20 anos, faz quitutes, vaquinha e almoço para conquistar o sonho de fazer intercâmbio no exterior

Publicidade
Agora Faz
TAGS: mulheres