Estudo friburguense sobre hemofilia é apresentado na Alemanha

Projeto do Hemocentro de Friburgo foi escolhido entre nove mil inscritos de todo o mundo; trabalho busca melhorar o dia a dia de pessoas com a doença
domingo, 16 de julho de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

Um seleto congresso internacional sobre hemostasia e trombose realizado em Berlim, na Alemanha, tem representante friburguense na edição deste ano. A médica hematologista Karla Bayer Mendonça embarcou para o país europeu nesta semana para representar o Hemocentro de Nova Friburgo no ISTH 2017. Para ter a oportunidade de participar, a unidade precisou inscrever um trabalho sobre hemostasia e trombose, que foi escolhido entre nove mil inscritos de todo o mundo.

O trabalho apresentado na seletiva é responsável por comprovar a importância da profilaxia secundária e terciária entre os pacientes hemofílicos atendidos no ambulatório de hematologia do Hemocentro de Nova Friburgo. De acordo com o estudo, após a comparação do antes e depois da introdução da profilaxia, foi comprovada a redução dos eventos hemorrágicos entre esses pacientes.

“O Hemocentro tem um papel fundamental no SUS de Nova Friburgo e de toda a Região Serrana, com profissionais gabaritados e de renome, por isso essa conquista é de muito orgulho para a Secretaria de Saúde e toda a cidade. Temos aqui um equipamento de ponta para a assistência hematológica”, declarou a secretária municipal de Saúde, Suzane Menezes.

O que é hemofilia

A hemofilia é uma doença genética recessiva hereditária ligada ao cromossomo X, que acomete indivíduos do sexo masculino. A doença, que causa a deficiência de fator VIII (hemofilia A) ou fator IX (hemofilia B), faz com que o indivíduo apresente fenômenos hemorrágicos espontâneos, que podem comprometer articulações, músculos, sistema nervoso central, trato digestivo, entre outras, podendo levar a óbito ou graves deformidades, caso não seja tratada imediatamente.

Existem cerca de dez mil pacientes hemofílicos no Brasil e cerca de 110 cadastrados no Hemocentro de Nova Friburgo. Isso faz do município o maior do estado do Rio de Janeiro (depois da capital) em número de pacientes hemofílicos. Vale ressaltar que o Hemocentro de Nova Friburgo possui pactuação com o Ministério da Saúde para o tra

 

LEIA MAIS

Grupo técnico criado pela Secretaria de Saúde de Nova Friburgo atualizará dados e definirá estratégias de atuação mensalmente

Promovido pelo Ministério da Saúde, testes e vacinação serão aplicados de segunda a sexta, no posto do Suspiro

Flagramos aparelhos quebrados, enferrujados e sujos. Prefeitura promete reparos e anuncia inauguração de mais duas em breve

Publicidade
Agora Faz
TAGS: saúde | hospital