Especial fitness: Força e movimento entre anilhas, pesos e pneus

Número de academias em Friburgo cresce, sucesso de conterrâneos no MMA populariza as de luta e “tédio” da musculação impulsiona procura por crossfit
sábado, 02 de setembro de 2017
por Guilherme Alt
Foto de capa

O número de academias em Nova Friburgo cresce a cada ano e, se a recomendação para uma vida saudável passa pela realização frequente de atividades físicas, o friburguense está bem servido.

De acordo com números do Conselho Regional de Educação Física (Cref), em 2001 Nova Friburgo tinha apenas uma academia registrada. Atualmente, o número subiu para 26. A cidade também tem dois cursos de educação física. São cerca de 70 alunos que se formam por ano em Friburgo.

Além das academias de musculação, outros estilos têm ganhado a preferência do público friburguense. Lutas como muay thai, boxe, karatê, judô e jiu-jitsu vêm crescendo nos últimos anos.

As artes misturadas do MMA têm atraído muitos alunos às academias. O sucesso de brasileiros no octógono do UFC, como Anderson Silva, Rodrigo Minotauro, José Aldo e os friburguenses Edson Barboza e Marlon Moraes, popularizou o esporte na cidade.

O MMA inspirou os friburguenses Guilherme Garcia, de 21 anos, e Lucas Prestes, de 20, e os dois jovens são campeões do Brasil Open de Muay Thai, seletiva que os levou para o Mundial da categoria, na Itália. Lucas Prestes foi campeão na categoria até 64 quilos. Guilherme Garcia ficou em terceiro na categoria até 70 quilos.

De acordo com o profissional de Educação Física Fábio Areias, há uma procura cada vez maior por academias de crossfit e treinamento funcional. Além dos estudos na área estarem se amplificando, segundo Fábio, as pessoas estão entediadas da rotina das academias de musculação. “O mesmo acontece com os centros de luta, que providenciam exercícios diários sem cair na monotonia das academias convencionais. Isso vem aumentando os campos de atuação dos profissionais da minha área e a cidade tem mercado para isso”, explica.

Crossfit

Atualmente, são três academias registradas no Cref. O crossfit é um programa de treinamento de força e condicionamento físico geral baseado em movimentos funcionais, feitos em alta intensidade e constantemente variados. Normalmente esses movimentos se enquadram em três modalidades: levantamento de peso olímpico, ginástica olímpica e condicionamento metabólico, ou cardio.

É o método de treinamento que mais cresce atualmente no mundo, por proporcionar a mais completa adaptação fisiológica possível no seu praticante, independentemente da idade ou nível físico do mesmo.

“O treino de crossfit é um treino de superação de limites todos os dias. São repetições que não te deixam ficar à toa em comparação com uma academia de musculação. Não fazemos apenas levantamento de peso. Temos treinos de endurance, que é cardiorrespiratório, com bicicleta, corrida, natação, remo, argola, ginástica, entre outros”, explica Bernardo Machado, dono de uma academia de crossfit em Friburgo.

O diferencial do crossfit é o movimento variado e constante. As atividades são realizadas com um cronômetro em contagem regressiva, mas a premissa é simples: o praticante compete com ele mesmo. “O tempo é para servir de base. A pessoa tem que fazer as atividades dentro do próprio ritmo, sem forçar nada além dos seus limites. Se em dez minutos ela não realizou o percurso, não tem problema. Tudo é gradativo. Nada pode ser feito com pressa”, afirma Bernardo.

A cada dia um exercício novo, um movimento aprendido e um desafio superado. De acordo com a estudante Agatha Peters, “a atividade também ajuda no emocional. Treinamos junto com outras pessoas e torcemos pela evolução de cada um. A gente fica mais forte e feliz a cada desafio superado.”

“O mais importante é que você de fato fica fortalecido interna e externamente. A gente não compete com o outro e sim com nossos limites. Exercícios que eu não achava que conseguiria, hoje faço sem problemas”, conta a advogada Thais Esteves, praticante de crossfit há mais de um ano.

 

Natação: um dos esportes mais completos

Melhora do condicionamento físico geral e fortalecimento muscular são vantagens já conhecidas da prática da natação, mas o que faz do esporte ser completo é a ampla atuação no bom funcionamento do sistema cardiorrespiratório, articulações, controle de peso, tonificação muscular, alongamento corporal a cada braçada, redução do risco de diabetes, que reduz o colesterol e sobrepeso

A modalidade é indicada para pessoas de todas as idades e biótipos e é perfeita para a recuperação de lesões, pois promove o relaxamento dos músculos e ajuda a aliviar a tensão muscular, por não ter impacto. Melhora a postura: aumenta a flexibilidade da coluna e remove a dor. Atividade intensa: requer maior gasto de energia - na água, os músculos trabalham cinco, seis vezes mais do que em terra, portanto, o gasto calórico é maior do que em outros esportes.

 

LEIA MAIS

Destinação dos recursos ainda será definida pela prefeitura

Secretaria de Saúde convoca população a doar sangue. Unidade funciona anexa ao Hospital Raul Sertã

Mais de 15 unidades de saúde vão participar. Ação é direcionada a crianças e adolescentes

Publicidade
Agora Faz
TAGS: fitness | saúde