Empresa não autoriza vistoria de carga e caminhão é apreendido na RJ-116

Veículo foi abordado durante a Operação Mercadoria Legal, no Bairro Ypu
quarta-feira, 08 de junho de 2016
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
A blitz foi realizada na RJ-116, na altura do Bairro Ypu (Foto: Leitor via WhatsApp)

O motorista de um caminhão foi detido, na manhã desta quarta-feira, 8, porque a empresa que monitora a carga não autorizou que ele abrisse o baú para policiais militares durante a Operação Mercadoria Legal, em Nova Friburgo. Segundo a PM, a central de rastreamento bloqueou a movimentação do caminhão por cerca de duas horas no Bairro Ypu, onde acontecia a blitz.

O caminhão foi abordado, na RJ-116, por volta das 8h30. De acordo a Polícia Militar, o motorista contou que transportava café, mas que só conseguiria mostra a carga para inspeção dos agentes após autorização da empresa que monitora o veículo. “Após duas horas de transtornos administrativos por parte da central de rastreamento da empresa, foi determinado pelo coordenador da operação policial que o caminhão fosse levado para 151ª DP, mas a movimentação do caminhão também foi bloqueada, comprometendo mais ainda o serviço policial”, contou o coronel Novaes.

O motorista, que não teve a identidade divulgada, foi levado para a delegacia de Nova Friburgo. Ele foi registrado como testemunha do caso e a empresa de rastreamento foi autuada por desobediência de ordem legal e atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública, previstos nos artigos 330 e 265 do Código Penal. A pena é de reclusão de até cinco anos e multa. Segundo a PM, nada de ilícito foi encontrado na mercadoria do caminhão. Após inspeção, o veículo foi liberado pelos policiais.

LEIA MAIS

Entre eles estavam 2 ônibus da Faol e carros de prefeituras

Ele foi perseguido e tentou subornar os policiais com R$ 60

Ele bateu com a cabeça em uma placa próximo à entrada da Via Expressa

Publicidade
Agora Faz
TAGS: Blitz