Dose única vale para a vida toda, diz secretário estadual

Segundo Luiz Antônio de Souza Teixeira, vacinar-se mais de uma vez pode ser até perigoso
quinta-feira, 18 de janeiro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

O secretário estadual de Saúde, Luiz Antônio de Souza Teixeira, destacou nesta quinta-feira, 18, em entrevista ao Bom Dia Rio da TV Globo, que quem se vacinou no ano passado não precisa se vacinar outra vez e que não há necessidade de correr e enfrentar filas nos postos de saúde, porque há vacinas para toda a população. 

Segundo ele, o Brasil segue a orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS) de que a vacina contra a febre amarela é uma dose única que vale para a vida inteira.

Embora atualmente vários estados estejam aplicando a vacina fracionada – que precisa ser aplicada em duas doses –, Teixeira afirmou que a vacina aplicada no Estado  do Rio é integral, ou seja, em dose única.

Segundo ele, repetir a dose pode ser até perigoso. “Essa pessoa que quer tomar vacina novamente está sendo exposta mais uma vez ao vírus da febre amarela e passa a ter as chances de desenvolver a doença, ao receber novamente uma carga viral. Então, é importante que as pessoas tenham consciência de que, se já foram imunizadas, não precisam se vacinar de novo”, disse Teixeira.

O secretário explicou ainda que, de acordo com a programação do Ministério da Saúde, somente a partir de 19 de fevereiro o Rio de Janeiro vai passar a aplicar a dose fracionada.

 

Publicidade
TAGS: