Diretor da Imperatriz é assassinado com tiros na cabeça em Olaria

Criminosos renderam motorista de carro após o atentado, que deixou PM e outro homem feridos
domingo, 25 de março de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
As perfurações de bala num dos carros próximos ao atentado (Reprodução da internet)

Um dos diretores da escola de samba Imperatriz de Olaria, Rafael Valeriano dos Santos, o Rafinha, de 35 anos, foi morto com tiros na cabeça na tarde deste sábado, 24, em Olaria. Rafinha foi cercado em frente a um bar, na esquina das ruas Presidente Sodré e Gustavo Lira, quando foi alvejado, em plena luz do dia. Segundo informações obtidas por A VOZ DA SERRA, os criminosos renderam o motorista do Renault Sandero bege que usaram para fugir do local do crime.

Durante a ação, o subtentente da PM Alexandre Garcia, do Posto de Policiamento Comunitário de Olaria, foi ferido com um tiro no ombro, na perseguição aos bandidos. Ele foi levado para o Hospital Municipal Raul Sertã e está fora de perigo. Um terceiro homem também foi ferido por um tiro, de raspão, no pescoço.

Rafinha já havia sido alvo de um atentado em 2013, do qual escapou ileso.

A 151ª DP investiga o caso.

LEIA MAIS

Caso aconteceu no mês passado no Terra Nova. Agressor foi jogado do 4º andar de prédio e morreu

Homem é investigado pela morte de homem morto a pauladas e pedradas em 2016

Com a volta do RAS, são 15 PMs atuando no patrulhamento da cidade durante as folgas na escala

Publicidade
TAGS: crime