Dia de Olaria marcado por diversas atividades

Programação cultural teve atendimentos de saúde e jurídicos e até massagem
sexta-feira, 21 de abril de 2017
por Guilherme Alt
Foto de capa
Equipes de universitários dos cursos de saúde participaram do evento orientando a população (Foto: Henrique Pinheiro)

Na última sexta-feira, 21, foi comemorado o Dia de Olaria. E a associação de moradores do bairro (Amabol) e a escola de samba Imperatriz de Olaria organizaram uma série de atividades para adultos e crianças na quadra da agremiação carnavalesca. Teve de tudo: shows, comida, apresentações de dança, pula-pula para a garotada,  orientações jurídicas, atendimento de saúde com aferição da pressão arterial e taxa de glicose, massagens e mostra de carros antigos. Os moradores de Olaria e amigos do bairro tiveram um dia agitado.

Para o professor de música Paulo Frederico o bairro é o melhor da cidade: “Olaria é um bairro maternal, acolhedor. Nasci na Vila Amélia, mas vim pra cá com 9 anos e não saí mais. Hoje me apresentei com a banda Ponto de Cultura e estou muito feliz de curtir o evento com a minha família”, contou ele. 

Além de atividades de lazer para crianças, foram oferecidas assistências jurídicas e médicas. De acordo com a assistente administrativo da Universidade Estácio de Sá, Gilda da Rosa Macedo, as principais queixas e dúvidas eram sobre casos de família que envolvem pensões e divórcios, causas relacionadas ao INSS e trabalhistas. “Cada caso é diferente, mas nós tentamos ter uma conversa esclarecedora para que a pessoa saia daqui sabendo como proceder, daqui pra frente”, disse.

A massoterapeuta Isabel Freitas não teve sossego. Ela fez massagens no pescoço, costas e regiões de tensão de muita gente. Cada sessão teve a duração de 15 minutos. “Há muitos casos de estresse muscular. Mas depois da massagem o paciente sai novo em folha”, brinca. Para não descuidar da saúde, alunos do curso de farmácia mediram a pressão e a taxa de glicose dos moradores durante as ações do Dia de Olaria. De acordo com Rogério Gomes, a saúde do pessoal está em dia, mas é bom ficar atento. “Apesar de não encontrarmos muitos casos de hipertensão, é sempre bom ficar ligado. Procurar fazer exercícios regulares e se alimentar bem. Muitas pessoas não sabem que tem pressão alta”, observou Rogério. O evento também contou com uma exposição de carros antigos, organizada pela Associação de Carros Antigos de Nova Friburgo (Acianf).

LEIA MAIS

Com cerca de 70 mil habitantes, bairro é também referência nos polos comercial e industrial

Organizado pela associação de moradores do bairro, Dia de Olaria terá atividades das 9h às 14h

Ex-subprefeito Denílson Breder deixa a pasta e passa a compor a equipe de asfaltamento da Prefeitura

  • A exposição de carros antigos foi uma das atrações do Dia de Olaria e chamou a atenção de muita gente (Foto: Henrique Pinheiro)

    A exposição de carros antigos foi uma das atrações do Dia de Olaria e chamou a atenção de muita gente (Foto: Henrique Pinheiro)

  • O Dia de Olaria também contou com um momento religioso logo pela manhã (Foto: Henrique Pinheiro)

    O Dia de Olaria também contou com um momento religioso logo pela manhã (Foto: Henrique Pinheiro)

Publicidade
Agora Faz