Dia D imunizou mais de 13 mil friburguenses contra a febre amarela

Postos amanheceram com filas, mas depois esvaziaram. Imunização continua normalmente ao longo da semana
sábado, 27 de janeiro de 2018
por Guilherme Alt
Foto de capa
O movimento na sede da Vigilância em Saúde, na Rua Augusto Cardoso, pela manhã (Foto: Leo Arturius)

A Secretaria municipal de Saúde informou que 13.173 doses da vacina contra a febre amarela foram aplicadas em Nova Friburgo durante a campanha do Dia D, neste sábado, 27. Os 21 postos mobilizados amanheceram com filas, esvaziando-se ao longo do dia.

De acordo com a subsecretária de Saúde Fabíola Braz, a procura foi grande, mas não houve imprevistos. “Estamos fazendo algumas filas e separando por prioridades. Felizmente a população está vindo num volume grande, mas até agora está tudo correndo bem”, disse ela, no fim da manhã, na sede da Vigilância em Saúde, na Rua Augusto Cardoso, Centro.

Fabíola explicou que, em Nova Friburgo, todos os postos de saúde estão aplicando a vacina em dose única, que vale para a vida toda. “Além dessa questão da dose da vacina, é preciso lembrar que hoje é apenas uma campanha de reforço, que não termina neste sábado. Durante toda a semana vamos continuar realizando a vacinação nos postos de saúde de Friburgo.

A vacinação normal nos postos de saúde obedece ao seguinte calendário: às segundas-feiras, das 9h às 16h, a imunização acontece no Posto de Saúde de Conselheiro Paulino. Às quartas-feiras, também das 9h às 16h, é a vez do Posto Sylvio Henrique Braune, no Suspiro. Já nas quinta-feiras, é possível se vacinar no Posto de São Geraldo, das 8h às 11h. Nas sextas-feiras, a imunização é oferecida em duas unidades: das 8h às 11h no Posto do Cordoeira e das 9h às 16h no Posto Tunney Kassuga, em Olaria.

Neste sábado, 21 postos de saúde por toda a cidade participaram simultamente da campanha, além de outros três pontos extras disponibilizados pela Secretaria de Saúde, no loteamento Terra Nova, no 6º GRupamento do Corpo de Bombeiros e na Rua Augusto Cardoso.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pelo governo estadual, só nestes primeiros dias do ano o Estado do Rio de Janeiro já contabiliza 25 casos confirmados de febre amarela, com oito mortes. Nove desses casos confirmados foram registrados na Região Serrana (Teresópolis - 4; Nova Friburgo - 1; Petrópolis - 1; Duas Barras - 2; Sumidouro - 1). Na região, ocorreram três das oito mortes pela doença. Uma delas do friburguense morador do distrito de Riograndina, Marlon Dutra, de 21 anos, sepultado na última segunda-feira, 22. Os outros dois óbitos são de Teresópolis, um homem de 48 anos, morador de Canoas, na zona rural, e um idoso, de 64 anos, que morava no bairro Água Quente.

A vacina contra a febre amarela é indicada para pessoas a partir dos 9 meses de idade que ainda não tenham recebido nenhuma dose. Em alguns casos, entretanto, é necessário que o cidadão passe por avaliação médica antes de se vacinar. São eles: indivíduos com mais de 60 anos de idade; gestante; pessoas em condições clínicas especiais; mulheres que estejam amamentando - neste caso, além de se consultar, aquelas que estejam amamentando bebês de até 6 meses de idade devem suspender a amamentação por 10 dias após a vacinação.

 

LEIA MAIS

Onze seguem em investigação; quatro macacos também foram encontrados mortos na cidade

Irmã entrega suspeito de arrombamento e furto de medicamentos à polícia

Farmácia invadida e depredada já voltou a funcionar. Parte dos medicamentos foi recuperada

Publicidade
Agora Faz