Defesa Civil registra mais de 100 ocorrências após chuvas dos últimos dias

Órgão afirma que não há desalojados ou desabrigados na cidade
quarta-feira, 16 de novembro de 2016
por Karine Knust
Foto de capa
Homem limpando as dependências do Hotel Bucsky (Foto: Henrique Pinheiro)

Após as chuvas dos últimos dias, a Defesa Civil divulgou um balanço das ocorrências registradas: foram 115 vistorias, envolvendo entre elas 25 interdições, 13 deslizamentos, 17 vistorias em árvores, três alagamentos e uma enxurrada de detritos. Em 96 horas, o distrito de Mury, registrou o maior volume de chuva: 246 milímetros. Em contrapartida, o menor volume registrado foi no Cardinot: 134. A média foi de 175 milímetros de chuva. 

Apesar do susto, de acordo com a Defesa Civil, até a tarde desta quarta-feira, 16, não haviam desabrigados ou desalojados na cidade. “As pessoas que precisaram deixar suas casas foram para residências de amigos ou familiares”, afirmou o secretário, coronel João Paulo Mori. 

Na zona rural, as chuvas também causaram transtornos e prejuízos. De acordo com o secretário municipal de agricultura, Selmo Santos, o distrito do Campo do Coelho foi o mais afetado pelas chuvas, principalmente a localidade de Salinas.     

“Houve alagamentos, mas ainda não tivemos uma dimensão dos estragos. A chuva deu uma trégua, mas isso nem sempre é um bom sinal. Para a plantação, o sol após a chuva pode ser pior. Na tarde de hoje [quarta-feira, 16], uma equipe vai ao local avaliar o caso. A maior preocupação é garantir o escoamento da produção”, explicou Selmo.

Na terça-feira, 15, a chuva deu uma trégua. Mesmo assim, um imóvel foi interditado na Rua Piauí, em Olaria. Devido a intervenção, dez famílias precisaram sair do local. Segundo Mori, o prédio precisou ser evacuado devido aos abalos na estrutura. 

De acordo com o secretário de assistência social, Gilberto Souza Filho, a pasta irá avaliar caso a caso e, havendo necessidade, as providências para o auxílio das famílias também serão tomadas. 
Após entrar em estágio de alerta na noite de domingo, 13, nesta quarta-feira, 16, a Defesa Civil municipal informou que Nova Friburgo retornou ao estágio de vigilância. A pasta ainda reforçou que a população deve ficar atenta aos avisos divulgados e em caso de dúvida, ligar para 199.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a previsão para a Região Serrana nesta quinta-feira, 17, e sexta-feira, 18, é de aumento na temperatura e pancadas de chuva. No sábado, 19, ainda há chance de chuva, mas a temperatura deve cair. No domingo, 20, a máxima deve ficar em torno dos 22 graus e a mínima em 14 graus.  

Doações 

O alagamento em diversas casas do distrito de Mury, no último fim de semana, causou comoção popular. A 151ª DP e a Cruz Vermelha montaram pontos de coletas de donativos em suas sedes para ajudar as vítimas das chuvas. O pedido é de doação de alimentos, roupas, água mineral, sucos de caixinha, produtos de higiene pessoal e de limpeza. 

Na escola Rumo Certo, onde também foi montado um ponto de coleta pela comunidade, as doações já foram encerradas. Segundo a organização da campanha, mais de 40 cestas básicas foram arrecadadas e entregues a moradores da localidade, que foram atingidos diretamente pelo temporal. Além disso, também foram distribuídos móveis e mudas de roupa. 

No próximo domingo, 20, das 14h às 21h30, um grupo de artistas friburguenses realiza o evento intitulado SOS Mury, na Estação Livre, Praça Getúlio Vargas. Além de conferir diversas atrações musicais, quem comparecer também poderá realizar doações. 

“Felizmente, dentro da realidade de Mury, a situação já está sendo sanada com as doações que tem chegado através de diversos movimentos. Mesmo assim, vamos continuar com o evento. Até porque, esse tipo de necessidade não é recorrente, já existem diversas demandas na cidade. Os donativos serão entregues a famílias carentes e instituições sociais da cidade”, informou a organização do evento. 

Abastecimento de água

 As chuvas também provocaram complicações no abastecimento de água. No entanto, segundo a concessionária Águas de Nova Friburgo, nesta quarta-feira, 16, o processo de retomada da Estação de Tratamento de Água (ETA) Debossan já foi iniciado.

“Vários bairros atendidos pela ETA já estão sendo abastecidos e o fornecimento de água da cidade será normalizado gradativamente. A concessionária solicita que os clientes usem água de forma consciente até que o serviço seja completamente restabelecido. Caso haja necessidade, os clientes devem solicitar caminhões pipas pelo 0800 026 0008“, informou.

Tragédia em Petrópolis 

Em Petrópolis, um deslizamento de rochas na noite de segunda-feira, 14, no bairro Quitandinha, matou duas pessoas. Segundo a Defesa Civil da cidade, mais de mil toneladas de pedras e terra deslizaram. A cidade é castigada por fortes chuvas desde o sábado, 12. Cerca de 60 chamados para vistorias preventivas foram feitas. Toda a área foi isolada e pelo menos, quatro casas foram diretamente afetadas. Três foram totalmente destruídas.

LEIA MAIS

Segundo Climatempo, previsão é de pancadas hoje. Instabilidade deve durar toda esta semana

Intervenções foram feitas para minimizar problemas causados pelas chuvas

Técnicos vão ajudar plano de contingência de desastres naturais

Publicidade
Agora Faz