Defesa Civil interdita barracão da Vilage após incêndio

Fogo no sábado destruiu carros alegóricos e fantasias. Causas estão sendo investigadas
segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018
por Alerrandre Barros
Foto de capa

A Defesa Civil decidiu nesta segunda-feira, 26, após vistoria, interditar o barracão da Vilage no Samba, que foi atingido por um incêndio de grandes proporções na noite de sábado, 24. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo começou por volta das 23h e durou cerca de duas horas. Ninguém ficou ferido.

O presidente da escola, Bruno Lannes, lamentou o ocorrido e informou que ainda não sabe o tamanho do prejuízo, mas já constatou que apenas algumas fantasias foram salvas. Ainda de acordo ele, um boletim de ocorrência foi registrado na 151ª DP e agremiação vai aguardar o resultado da perícia.

"Quero agradecer a todas as mensagens, carinhos, ajuda para acertamos nossas fantasias na quadra, nossas coirmãs que nos ofereceram ajuda e a todos que mesmo de casa está enviando energia positiva ao nosso ninho”, disse o presidente da verde e branco, Bruno Lannes.

No Carnaval deste ano, a Vilage ficou em segundo lugar ao levar para a Avenida Alberto Braune um enredo sobre vida e morte de São João Batista, o profeta mensageiro da vinda de Jesus, precursor dos padroeiros e padroeiro de Nova Friburgo. A verde e branco divide a posição de maior campeã do carnaval friburguense com a Unidos da Saudade.

O incêndio no barracão da Vilage foi o segundo em escolas de samba em cerca de quatro meses. O último ocorreu em outubro do ano passado na Unidos da Saudade, no Bairro Ypu. O fogo destruiu um carro alegórico que estava na área externa do barracão. Outro foco foi registrado ao lado do viaduto Geremias de Mattos Fontes. Não houve feridos na ocasião.

Em nota, o prefeito Renato Bravo disse que vai propor um plano de trabalho, junto às autoridades competentes, para identificar formas de diminuir os riscos de incêndios nos barracões das agremiações, “que fazem do carnaval de Nova Friburgo um dos mais bonitos e visitados do Estado do Rio de Janeiro”.

 

LEIA MAIS

Área atingida, em Fazenda da Laje, teve vários focos, inclusive perto de residências, e bombeiros tiveram que voltar

Período de estiagem que vai de julho a outubro registra maior número de ocorrências

Bombeiros controlaram rapidamente as chamas, que atingiram setor de galvanoplastia

Publicidade
TAGS: fogo | carnaval