Defesa Civil de Friburgo treina prevenção de desastres no Japão

Secretário fez curso temático a convite de agência de cooperação internacional
sexta-feira, 01 de setembro de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
João Paulo Mori (de colete abóbora) durante o curso em Kobe (Arquivo pessoal)

Depois de 30 dias no Japão, o secretário de Defesa Civil de Nova Friburgo, coronel João Paulo Mori, retornou à cidade esta última semana. A visita a Kobe, município do país oriental, foi direcionada a participação em um curso temático sobre “Políticas Gerais para Prevenção de Desastres”, que aconteceu entre os dias 24 de julho a 26 de agosto. O convite foi da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) e, para o secretário, de grande valia para o município.

“Esse foi o segundo curso do qual participei no Japão, mas, sem dúvida, foi o de maior valia para assimilação de informações, aprimoramento de ferramentas e troca de experiências. Considero esse último um curso de maior abrangência e completo de elementos que, certamente, agregarão muito ao trabalho que é desenvolvido em Nova Friburgo”.

A iniciativa tinha como objetivo contribuir e impulsionar o debate sobre protocolos de ações institucionais e interinstitucionais iniciado no âmbito do Projeto de Fortalecimento da Estratégia Nacional da Gestão Integrada de Riscos em Desastres Naturais (Gides) para aprimorar a previsão e alertas antecipados. Objetivo que, segundo Mori, foi cumprido. “Acredito que Nova Friburgo tenha cooperado bastante para o treinamento. Pudemos atuar na redação, revisão e conclusão de protocolos de ações do manual de previsão e alertas antecipados. Também participamos de mais de 40 palestras ao longo desses dias, o que só nos acrescentou no que diz respeito às políticas para prevenção de desastres”.

Na oportunidade, além de conhecer a cidade de Kobe e suas ações, o secretário e os demais participantes tiveram a oportunidade de passar por Tóquio e Hiroshima, onde puderam saber de que forma se desenvolveram as ocorrências nessas regiões e acompanhar de perto as obras em execução. Durante o curso, ainda foram feitas visitas a comunidades, com o intuito de verem, na prática, como se dão as instruções para a montagem de abrigos.  

A Defesa Civil de Nova Friburgo pôde ainda mostrar o trabalho que vem sendo desenvolvido no município, sobretudo após a parceria com os próprios japoneses. De acordo com o governo municipal, o curso foi todo custeado pelo governo do Japão e ministrado em língua portuguesa.

Durante a tragédia climática de 2011, Nova Friburgo sofreu com 3.000 deslizamentos e a perda, oficial, de 430 vidas.

 

Publicidade
Agora Faz
TAGS: