Curiosidades sobre os gatos que você certamente não sabe

“Nós, as gatas, somos destras, e eles costumam ser canhotos”
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018
por Ana Borges
Foto de capa

Olha quem está falando! “Sei que pode parecer tendencioso, mas devo dizer que nós, os gatos, somos animais inteligentes e amorosos. Numa única palavra, somos únicos. Aqui vão algumas curiosidades, que decidimos revelar, para que nos conheçam melhor. Então, prestem atenção”:

  • Em média, passamos dois terços do dia dormindo. Portanto, em nove anos de vida, estamos acordados durante apenas três anos;

  • Não gostamos de doces;

  • As bolas de pêlo que vomitamos chamam-se egagropilos;

  • Nós, gatas, tendemos a ser destras, enquanto eles, os gatos, tendem a ser, majoritariamente, canhotos;

  • Fazemos cerca de 100 sons diferentes, enquanto um cão faz cerca de 10;

  • Nosso cérebro é biologicamente mais parecido ao de um humano do que o cérebro de um cão. Nós, humanos e gatos, temos uma região idêntica no cérebro responsável pelas emoções;

  • Somos mais de 500 milhões de gatos domésticos no mundo, e aproximadamente 40 raças reconhecidas;

  • Nosso ancestral doméstico mais antigo foi encontrado numa sepultura no Chipre, com mais de nove mil anos;

  • Nossa audição é melhor do que a de um cão. Conseguimos ouvir sons de alta frequência, cerca de duas oitavas acima de qualquer humano;

  • Conseguimos correr a 49 km/h, em curtas distâncias; 

  • Saltamos cinco vezes a nossa altura, num único salto;

  • Alguns de nós já sobreviveram a quedas de 20 metros, devido ao reflexo de endireitamento. Nossos olhos, órgãos e ouvidos internos nos dizem onde estamos no espaço, para que possamos cair em pé;

  • Roçamos nos humanos não só para mostrar afeto, mas também para marcar território;

  • Ninguém tem certeza de por que ronronamos. Os veterinários acreditam que gato ronrona fazendo as suas cordas vocais vibrar na zona mais profunda da garganta. Bem, vamos manter o mistério, ok?

  • Em média, damos à luz entre um e nove gatinhos, de cada vez;  

  • Não gostamos de água, normalmente, porque o nosso pelo não isola bem o calor quando está úmido;

  • Geralmente temos 12 bigodes em cada lado da face;

  • Nossa visão é melhor e pior do que a de um humano: é melhor porque conseguimos ver mais em ambientes mais escuros, e temos uma visão esférica superior; é pior porque não conseguimos ver a cor tão bem como os humanos;

  • Os pequenos tufos de pelo em nossas orelhas servem para manter a sujeira fora e direcionar sons para o ouvido e isolar as orelhas;

  • Quase nunca miamos para outro gato, apenas para humanos. Para outros gatos, apenas cuspimos, ronronamos e silvamos;

  • 32 músculos controlam nosso ouvido externo, enquanto os humanos têm apenas seis;

  • Giramos a nossa orelha em 180 graus;

  • Podemos viver, em média, até 20 anos, o que equivale a cerca de 100 anos humanos;

  • Nossa temperatura, normal, ronda os 38 e 39 graus Celsius. Estamos doentes se a temperatura estiver abaixo de 37 e acima de 39 graus.

  • Não temos clavículas, por isso conseguimos passar em qualquer local onde a nossa cabeça também passe;

  • O padrão do nariz de um gato é único, tal como a impressão digital de um humano;

  • Não devemos nunca comer cebola, alho, tomate verde, batata crua, chocolate, uvas, passas. E embora o leite não seja tóxico, pode causar irritação no estômago, gases e diarreia;

  • Comida humana ou de cão também não é legal e pode causar má nutrição e provocar doenças;

  • Medicamentos como o paracetamol e a aspirina são extremamente tóxicos para nós, assim como grande parte das plantas que existem em casa;

  • Comida humana ou de cão também não é legal e pode causar má nutrição e provocar doenças;

  • Não temos glândulas sudoríferas como os humanos: suamos pelas patas;

  • Em apenas 7 anos, um par de gatos e os seus rebentos podem dar origem a mais de 420 mil gatinhos;

  • Um gato passa cerca de um terço do seu dia se limpando;

  • Um gato adulto tem 30 dentes. Um gatinho bebê tem apenas 26 dentes temporários, que perde até os 6 meses de idade;

  • Os gatos são extremamente sensíveis às vibrações. Um gato detecta um tremor de terra cerca de 10 a 15 minutos antes de um humano;

  • As unhas das patas traseiras de um gato não são tão afiadas como as das patas dianteiras.

LEIA MAIS

Os mais temperamentais dos pets, gatos têm seu dia mundial neste sábado

A boa notícia é que doença tem cura e diagnóstico pode ser feito em clínicas veterinárias

Campanha oferecendo aos donos de cães e gatos imunização em vários postos

Publicidade
TAGS: gatos