Cubango fará apresentação oficial de enredo na Unidos da Saudade

Escola de samba de Niterói vai cantar o bicentenário de Nova Friburgo no Carnaval 2018
quarta-feira, 19 de abril de 2017
por Alerrandre Barros
Foto de capa
Desfile da Cubango na Sapucaí, no Rio, no Carnaval deste ano (Foto: Reprodução/Cubango)

A Acadêmicos do Cubango, tradicional escola de samba de Niterói, vai subir a serra para apresentar o enredo sobre o bicentenário de Nova Friburgo no próximo dia 16 de maio, aniversário da cidade, a partir das 17h, na quadra da Unidos da Saudade, no Bairro Ypu. A apresentação vai contar com a presença da bateria Ritmo Folgado, da verde e branco niteroiense, sob comando do mestre Demétrius, além do intérprete, Evandro Malandro (que é de Friburgo), e da ala das passistas.

A Cubango desfila na Série A (Grupo de Acesso) do Rio de Janeiro e divulgou que o município será enredo do Carnaval 2018 em março após reunião com os secretários municipais de Desenvolvimento, Turismo e Cultura. Vai ser a primeira vez que Nova Friburgo passará pela Sapucaí. Segundo o presidente da escola niteroiense, Olivier Luciano Vieira, mais conhecido como Pelé, o município serrano foi escolhido por motivos especiais.

“Somos uma escola do Morro do Bumba, que sofreu muito com uma tragédia, assim como Nova Friburgo. Além disso, essa cidade também tem uma vocação muito grande para o carnaval. Quando ficamos sabendo que a cidade ia completar 200 anos, logo nosso carnavalesco Gabriel Adate trouxe a ideia de fazermos uma homenagem e achamos uma ótima oportunidade. Vai ser muito especial”, disse ele.

Os dois carnavalescos que assinam o enredo, Gabriel Haddad e Leonardo Bora, fizeram um trabalho intenso de pesquisa sobre Nova Friburgo e, também, sobre o Cantão de Friburgo, na Suíça, de onde partiram parte dos imigrantes que colonizaram a cidade. Eles não deram muitos detalhes sobre o enredo, mas Gabriel adiantou que a escola vai apresentar na avenida histórias sobre o município desconhecidas do grande público.

“Temos em mente que não se trata de uma homenagem documental, presa ao rigor histórico, mas uma grande festa, uma comemoração carnavalesca – e isso pede uma pitada de sonho. Em resumo, buscamos uma linha narrativa que consiga costurar, ao mesmo tempo, aspectos importantes da rica história de Nova Friburgo e boas doses de criatividade e ineditismo. Em especial, buscamos referências em autores, historiadores e artistas da cidade, ou que ao menos tenham passado por ela”, disse.

As fantasias e os carros alegóricos também já começaram a ser criados. Segundo Pelé, a ideia é levar ao público a história do município de forma alegre e irreverente. Para isso, a diretoria da escola vem realizando encontros com agremiações friburguenses. Em março ele contou a A VOZ DA SERRA que partes marcantes na história do município e figuras conhecidas serão destaque do desfile.

“Vamos tentar fazer eventos junto com eles e levar mil componentes das escolas de Nova Friburgo para desfilar com a gente na Sapucaí. Vamos levar para a avenida a história de Nova Friburgo desde os índios, passando pela colonização, até os dias de hoje. E, para fechar o desfile, vamos homenagear o friburguense Benito di Paula”, afirmou Pelé.

A Acadêmicos do Cubango foi fundada em dezembro de 1959 e possui cerca de 2.500 componentes. A agremiação desfilou no carnaval de Niterói até meados dos anos 80 quando, junto da Unidos do Viradouro, decidiu participar dos desfiles na Sapucaí. No carnaval deste ano, a escola ficou em oitavo lugar com um enredo sobre o cantor e compositor carioca João Nogueira. O desfile das escolas da Série A é transmitido pela Rede Globo, nas noites de sexta e sábado de Carnaval.

LEIA MAIS

Concurso é direcionado a artistas, designers, agências e amantes da história do município

Encontro foi motivado pela aproximação de Nova Friburgo com o país e os preparativos para o bicentenário do município

Diretoria da escola de samba busca parcerias e troca de experiências com Nova Friburgo

Publicidade
Agora Faz
URL da notícia: