Continuam buscas por homem que desapareceu no Rio Macaé

Corpo está sendo procurado por bombeiros no trecho do rio em Casimiro de Abreu
terça-feira, 04 de julho de 2017
por Alerrandre Barros
Foto de capa
O Encontro dos Rios, em Lumiar, onde o corpo foi visto, sobre uma pedra, pela última vez (Foto: Arquivo AVS)

A equipe do Corpo de Bombeiros de Nova Friburgo não encontrou nesta segunda-feira, 3, o corpo do homem que desapareceu no Rio Macaé, na altura do distrito de Lumiar. As buscas continuam nesta terça-feira, 4, no trecho sob responsabilidade dos bombeiros de Casimiro de Abreu, na Região dos Lagos.

“Uma equipe foi para a região, a partir da ponte de Santa Luzia [na divisa entre os dois municípios], e fará buscas pelas margens rio. O rio não é navegável, tem muitas quedas e risco de cabeça d’água. Pedimos à população ribeirinha que colabore conosco, se avistarem o corpo”, disse o comandante dos bombeiros de Casimiro, major Claudomiro Oliveira.

As buscas começaram na tarde de domingo, 2, numa área de refluxo no local conhecido como Encontro do Rios, mas tiveram que ser interrompidas devido à chuva e a força da correnteza. No dia seguinte, os bombeiros de Nova Friburgo retomaram a procura, mas não encontraram o corpo.

“A correnteza estava muito forte e, provavelmente, o corpo foi levado pelo rio. Choveu bastante na cabeceira do rio. Nossas ações se esgotaram. Avisamos aos oficiais de Casimiro e, naturalmente, de Macaé para que continuem as buscas nas ruas áreas”, explicou o comandante do bombeiros de Nova Friburgo, tenente-coronel Fábio Gonçalves.

O corpo seria de um homem, de 46 anos, desaparecido há cerca de 12 dias. Na tarde de domingo, dois homens estavam caminhando pelas margens do rio, quando viram o corpo sobre uma pedra. Eles seriam parentes da vítima e chamaram a PM e os bombeiros para resgatar o homem. Nesse meio tempo, começou a chover e o corpo acabou sendo levado pelas águas do rio.  

 

LEIA MAIS

Morador do Cônego, Adriano Gomes da Silva tinha sumido a caminho do trabalho, na sexta

Corpo estava sobre uma pedra no Encontro dos Rios e foi levado pelas águas no domingo

Ele estava amarrado em uma árvore quando foi resgatado‭

Publicidade