Chafariz, alvo de pichação durante a semana, foi limpo pela prefeitura

Resina usada no ato de vandalismo dificultou a remoção por completo
sábado, 12 de agosto de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

Na manhã deste sábado, a equipe de A VOZ DA SERRA foi conferir o trabalho realizado pela Secretaria de Serviços Públicos que removeu a pichação feita por vândalos durante a madrugada da última quarta-feira, 9.

Ainda é possível observar as marcas da pichação. Segundo Gilberto Salarini, secretário de Serviços Públicos, foi usado um material diferente e de difícil remoção. “Os pichadores usaram uma resina no chafariz, um material diferenciado, que dificulta a remoção da pichação. Pedimos à população que nos ajude a fiscalizar. Temos os agentes da Guarda Municipal e da PM, mas os friburguenses podem e devem ajudar na fiscalização, esse espaço é de todos”, afirmou.

De acordo com a lei 12.408, de 2011, a pichação é considerada crime ambiental e vandalismo, com pena de três meses a um ano, além de multa. Segundo o comandante do 11º BPM, tenente coronel Eduardo Vaz Castelano, “em caso de flagrante, o pichador é conduzido à DP para registrar o crime, ficando a cargo das autoridades policiais aplicar a lei”. Caso não haja flagrante, a vítima deve ir à DP para registrar a ocorrência.

Com mais essa notícia de vandalismo, que se juntam às fachadas de prédios, estabelecimentos comerciais e outros monumentos rabiscados, à violência sofrida pelos friburguenses, e que o A VOZ DA SERRA faz questão de denunciar, nossos leitores perguntam “E as câmeras da cidade não registraram nada? Será que estão realmente funcionando?”.

 

Publicidade
Agora Faz
TAGS: