Caminhos promissores

segunda-feira, 03 de agosto de 2015
por Jornal A Voz da Serra

O TURISMO CULTURAL foi enormemente beneficiado durante o mês de julho, com os festivais de inverno na região. O turismo é uma das nossas mais importantes vocações, não apenas no inverno. Com a proximidade da primavera, abre-se também a época onde as flores são o grande atrativo, e obviamente devem incluir entretenimento à altura dessa expectativa para os turistas e friburguenses.

A NOVA ESTAÇÃO é favorável às produções culturais como um atrativo que incorpora todo o significado do turismo friburguense, fixando a imagem do município como centro de lazer e entretenimento. O uso intensivo do Teatro Municipal Laercio Ventura neste último Festival de Inverno do Sesc foi um estímulo de grande valor e um novo espaço se consagrou para novas promoções, como vimos agora.

ALÉM DOS ATRATIVOS da estação, o município continua como importante polo de comércio da moda íntima. que traz turistas em qualquer época do ano a Friburgo. O comércio de lingeries movimenta a economia do município diariamente, expandindo sempre o turismo de negócios. O turismo, portanto, também tem o seu braço na produção industrial do município, como agora com a realização da Fevest, oferecendo uma ampla rede de serviços a quem busca a cidade para negócios.

A INFRAESTRUTURA FRIBURGUENSE, através da rede de restaurantes, pousadas e hotéis, continua oferecendo o que há de melhor ao turista, confirmando a tradição e respondendo a demanda com qualidade e hospitalidade. É seu papel nesse mercado importante e cada vez mais a iniciativa privada investe na ampliação do turismo interno.

CABE AO PODER MUNICIPAL compartilhar os esforços com a atividade, oferecendo ao turista uma infraestrutura urbana receptiva, com serviços públicos de qualidade. Através de pontos de informações, folheteria e divulgação na mídia turística, o governo manterá laços de efetivo comprometimento com o setor, valorizando uma atividade de grande importância no município.

O GRANDE POTENCIAL turístico de Friburgo não pode prescindir de um entendimento entre o governo municipal e os empreendedores através de incentivos e promoção para sua expansão, como já vem sendo feito com a divulgação do município em outras localidades. Através de iniciativas como a profissionalização do setor e uma política de incentivos fiscais o governo pode beneficiar a atividade e mesmo expandi-la, respondendo à altura este importante setor da economia friburguense.

OS CANDIDATOS à sucessão municipal de 2016 estão incorporando o turismo ao discurso político e é proveitoso que seja assim. Afinal de contas, o setor movimenta uma respeitável cifra no estado, emprega milhares de trabalhadores e vem ganhando força estrutural em Friburgo e na região com a futura construção do centro de convenções. É preciso, portanto, uma gestão pública estratégica para reerguer o município no cenário turístico do estado. Os caminhos já estão traçados.

LEIA MAIS

Defesa Civil não registrou ocorrências. Há previsão de chuvas a semana inteira

Secretário Wilton Neves explica as duas iniciativas e fala de planos para este início de ano

Pessoa ou comerciante responsável por cobrança ilegal ainda não teve nome divulgado

Publicidade
Agora Faz