Brasil digital

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018
por Jornal A Voz da Serra

SEGUNDO novo relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, o Brasil é o quarto país com maior número absoluto de usuários de internet, ficando atrás de Estados Unidos, Índia e China. O levantamento mostra que quase 90% das 750 milhões de pessoas que ficaram online pela primeira vez, entre 2012 e 2015, viviam em países em desenvolvimento, conforme o documento.

 O RELATÓRIO (Economia da Informação 2017: Digitalização, Comércio e Desenvolvimento) apontou que o Brasil tinha 120 milhões de usuários de internet em 2015, ficando atrás dos EUA, com 242 milhões, da Índia, com 333 milhões, e da China, com 705 milhões.

Em 2015, de acordo com o estudo, as economias em desenvolvimento responderam por 70% dos usuários de internet no mundo, sendo a maior parte na China e na Índia.

 A TECNOLOGIA torna-se cada vez mais presente na vida da população mundial. Em diversos setores como saúde, educação e segurança, a digitalização tem exercido papel considerável. Seja no fornecimento de diagnósticos, na melhoria da qualidade de ensino ou no combate à violência e ao tráfico de drogas, a vida planetária já não pode ser dissociada da ciência tecnológica.

 APESAR dos números positivos, o relatório indicou que a presença dos países da América Latina e do Caribe na economia digital permanece relativamente limitada. Junto com a África, a região responde por apenas 4% de todas as impressoras 3D utilizadas no mundo. Além disso, as mesmas duas regiões respondem por menos de 2% das empresas digitais do mundo com uma capitalização de mercado de mais de 1(hum) bilhão de dólares.

ENTRETANTO, com todo o avanço da ciência, ainda paira uma desconfiança a respeito da empregabilidade da tecnologia nas urnas eleitorais. Alguns setores da sociedade defendem o retorno das antigas cédulas. O questionamento surgiu depois das últimas eleições presidenciais.

POR OUTRO lado, através da internet, a população é informada instantaneamente a respeito das operações de combate à corrupção, como a Lava Jato. E ainda possui uma ampla rede social abrigando inúmeros grupos opinião.

Publicidade
Agora Faz
TAGS: