AVS presente: o caso Marielle em debate - Partes I, II e III

Psicóloga e advogado criminalista discutem escalada de preconceitos e generalizações
quinta-feira, 22 de março de 2018
por Marcio Madeira (marcio@avozdaserra.com.br)

O assassinato da vereadora Marielle Franco​ (PSOL) e de seu motorista Anderson Pedro Gomes, na noite da última quarta-feira, 14, no Rio de Janeiro, de um jeito ou de outro, fez com que sentíssemos estar diante de um daqueles acontecimentos que impõem reflexão e posicionamento. Até mesmo ignorar significa tomar partido...

E estamos também diante de uma oportunidade de retirar um tijolinho na construção da certeza da impunidade, e de reagirmos de forma elevada, frustrando a previsível escalada de preconceitos e generalizações. Com a necessidade do diálogo sobre o assunto, convidamos para um diálogo, no estúdio do jornal A VOZ DA SERRA, a psicóloga clínica e educacional Carmen Lucia Gobel e o advogado criminalista Rafael Borges, para conversar sobre o assunto.

Dividimos o debate em três partes. Veja as duas primeiras:

PARTE I

PARTE II

 

 

Publicidade
TAGS: marielle