Acusado de agredir mulher é preso em caixa d’água de casa

Vítima disse que foi queimada pelo companheiro na frente de filhas, no Cordoeira
quarta-feira, 27 de junho de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

Policiais do 11º BPM prenderam um homem de 29 anos na madrugada desta quarta-feira, 27, acusado de agredir e queimar a companheira na frente das duas filhas dela. Ele tentou fugir, mas foi encontrado dentro da caixa d’água de uma casa no Cordoeira. A vítima, de 31 anos, acionou os agentes da Radiopatrulha do batalhão por volta das 23h30. Ela estava na Praça Getúlio Vargas, no Centro, acompanhada de uma das filhas, de 8 anos, e relatou a agressão aos PMs.

De acordo com o comando do 11º BPM, os agentes seguiram até casa, na Rua José do Patrocínio, e encontraram o suspeito dentro da caixa d’água. Ele foi levado para a 151ª DP, onde permaneceu preso. A vítima foi encaminhada para atendimento médico no Hospital Municipal Raul Sertã e passa bem. Pela manhã, porém, o homem foi liberado após pagamento de fiança.

Segundo a delegada titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), Danielle de Barros, responsável pelo caso, o homem vai responder por lesão corporal conforme a lei Maria da Penha e pode pegar até três anos de prisão, caso seja condenado.

LEIA MAIS

Caso aconteceu no mês passado no Terra Nova. Agressor foi jogado do 4º andar de prédio e morreu

Homem é investigado pela morte de homem morto a pauladas e pedradas em 2016

Com a volta do RAS, são 15 PMs atuando no patrulhamento da cidade durante as folgas na escala

Publicidade
TAGS: crime