Acianf: do boom da informática ao novo milênio

Reeleição de Verbicário foi um reconhecimento pelos trabalhos prestados a Nova Friburgo durante o mandato anterior
sexta-feira, 24 de novembro de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

Em solenidade realizada em 29 de janeiro de 1990, às 19h30, José Aucar transmitiu o cargo de Presidente da Associação Comercial Industrial e Agrícola ao Engenheiro Fernando de Barros.

Fato é que a gestão de Fernando de Barros foi marcada pelo boom da Informática. No entanto, um outro evento que surgiu logo em sua primeira gestão merece destaque: a I FEVEST, atualmente, Feira de Moda Íntima, Praia, Fitness, e Matéria-prima. Nova Friburgo ganhou, então, destaque no Brasil na produção de moda íntima aquecendo esse mercado.

Nos quase dez anos à frente da Associação Comercial, Fernando de Barros, juntamente com a Diretoria dessa instituição, promoveu ações que preparam Nova Friburgo para o ingresso no século XXI.

Em 19 de abril de 2000, o Engenheiro Cláudio Santos Verbicário assumia a presidência da Associação Comercial. Em suas palavras, “com mais de 82 anos de existência, a ACIANF é o berço das demais instituições correlatas da região, por isso, deve ser forte e independente.” Verbicário pontuou a necessidade de olhar para os setores de maior volume na economia: os pequenos e micro empresários, os profissionais autônomos e os pequenos empreendedores.

Sem dúvida, o marco do ano de 2002 foi a I Feira da Promoção de Nova Friburgo (FEPRO), em parceria com FIRJAN e SEBRAE , que aconteceu de 11 a 14 de abril e reuniu mais de 88 expositores. A Feira arrecadou cerca de 20 toneladas de alimentos que foram doados a instituições de caridade do município. O evento foi criado com o intuito de promover o comércio local e movimentar a economia.

Ainda em 2006, Cláudio Verbicário foi reeleito para o biênio 2006/2008. Foi a sua terceira reeleição e a primeira pelo voto direto, conforme regimento do novo Estatuto. A meta naquele momento era a de aumentar o número de associados. Para tanto, adotou-se a política de portas abertas para todos, realizando palestras, debates, encontros com as mais diversas e diferentes vertentes da sociedade.

Em dezembro de 2007, comemorava-se noventa anos de fundação da Associação Comercial Industrial e Agrícola de nova Friburgo. Nove décadas de trabalhos prestados não só ao comércio, à indústria e à agricultura, mas, sobretudo, à sociedade friburguense.

Tão importante data não poderia passar sem uma grande comemoração. Desse modo, na manhã do dia 16, um domingo, a ACIANF recebeu a população na Avenida Alberto Braune com um bolo de 90 metros, ao som da Banda Campesina Friburguense para o tradicional “Parabéns pra você”. Funcionários, diretoria, conselheiros e autoridades vestiram um avental personalizado dos 90 anos para servir o bolo a quem estava prestigiando as comemorações.

Em30 de maio de 2008, o empresário José Alexandre Almeida, aos 34 anos, o mais jovem presidente até então, tomava posse da ACIANF. Em 2000, ele já tinha assumido a Vice-presidência de Comércio dessa mesma instituição, além de já participar ativamente em entidades de classe há mais de 15 anos. José Alexandre também atuava no setor de turismo à frente do Nova Friburgo Convention & Visitors Bureau. E, assim como seu antecessor, preocupava-se em encontrar métodos para apoiar os empresários, em especial os micro e pequenos, visando contribuir para um novo tempo de desenvolvimento e prosperidade.

Após ser eleito em abril, pela chapa Paz e Desenvolvimento, Claúdio Santos Verbicário tomou posse da presidência da ACIANF em 28 de maio de 2010. A data foi marcada por um café que se iniciou de manhã e se estendeu durante toda a tarde, terminando com um coquetel na sede da Associação, às 18h

De certo, a reeleição de Verbicário foi um reconhecimento pelos trabalhos prestados a Nova Friburgo durante o mandato anterior, especialmente no ano de 2011 marcado pela tragédia que assolou a cidade. Era tempo de renascimento para este munícipio e a ACIANF não poderia se furtar de contribuir para a reestruturação e o desenvolvimento de Nova Friburgo.

 

Publicidade
TAGS: