Animado(a) com a Copa?

César Vasconcelos de Souza

Cesar Vasconcellos de Souza

Saúde Mental e Você

O psiquiatra César Vasconcellos assina a coluna Saúde Mental e Você, publicada às quintas, dedicada a apresentar esclarecimentos sobre determinadas questões da saúde psíquica e sua relação no convívio entre outro indivíduos.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

A moça limpava o vidro da vitrine dos pães e mostrava simpatia e ânimo. Ao me aproximar para solicitar um pão, ela me olhou, deu um simpático “bom dia”, e continuou com seu serviço. Como costumo fazer com funcionários de qualquer lugar, elogiei o trabalho dela, pensando em animá-la pelo bom serviço que ela prestava para aquela padaria, animá-la não (só) por limpar o vidro , mas para a vida.

Ela agradeceu e disse, apontando para o vidro que limpava: “Ficam muitas marcas de mãos aqui!” Concordei porque é um local onde os fregueses se apoiam ao fazer a solicitação do tipo de pão que desejam comprar. Em seguida, mantendo um sorriso simpático, e continuando a limpar o vidro, me perguntou: “Animado com a copa?” Enquanto eu pegava meu pedido sobre aquele balcão de vidro e agradecia a moça que me serviu, olhei para a limpadora do vidro, e demorei talvez uns cinco segundos para responder, pensando: “Vale à pena dizer?”.

Resolvi dizer, tentando não ser chato e negativo, mas evitando entrar numa resposta automática impensada, decorada, fútil: “Estaria animado se o governo tivesse construído hospitais e escolas decentes com profissionais decentes para o povo especialmente pobre. Mas a Copa...” Ela entendeu, concordou, sorriu e continuou a limpeza.

Você está animado com a Copa do Mundo? Está animado com a corrupção, com magistrados que vendem sentenças, ou as pagam com decisões cheias de conflitos de interesses no tribunais? Fiquei pensando em escrever isto. Mas ao mesmo tempo pensei: “Vou chover no molhado.” Falar de corrupção? Adianta para que? Todo mundo fala disso. Os noticiários das televisões todos os dias, invariavelmente, mostram as reportagens sobre os atos da malignidade dos indivíduos, homens e mulheres, vencidos pelas vicissitudes, dominados pelos demônios da mentira e fraude, possuídos pela mente perversa materializada, escravos da impiedade.

Você está animado com as constantes notícias dos roubos escandalosos, vergonhosos, cínicos, dos que prometeram em suas campanhas ajudar o povo? O “gigante” não tinha acordado? Dormiu de novo? Deram uma anestesia nele? Ele se entorpeceu com alguma droga? Ou o entretenimento engana? O que é entretenimento? Sinônimos de entretenimento podem ser: distração, diversão, divertimento, passatempo. A indústria do entretenimento envolve tudo aquilo que é produzido para distrair você.

Distração é falta de atenção, irreflexão, esquecimento, alheação. Quando você vai tentar dar comida para uma criança pequena que “é ruim de boca”, ou seja, dá trabalho para se alimentar, o que geralmente se faz é tentar entretê-la. Ou seja, distrair a atenção dela daquilo que é importante – o alimento – para algo secundário (um brinquedo, um livro colorido, etc.) para ver se ela aceita melhor a comida.

A Copa do Mundo de Futebol é um entretenimento que exalta como semideuses jogadores que realmente tem habilidade psicomotora especial nas pernas e assim usam com facilidade a bola, entretenimento este que serve para distrair o povo. O povo pode ser distraído no bom sentido da palavra, no caso da Copa, com este esporte, e os corruptos, além de faturar ainda mais em cima deste evento, gostam do mesmo porque o povo fica entretido e deixa de lado as reivindicações justas para um melhor país.

O “gigante” fica entretido com a Copa. Adormece quanto à verdade e justiça, comendo pipoca, tocando uma buzina irritante, bebendo cerveja, comendo churrasco, cruzando os dedos quando há uma falta perigosa contra o time do Brasil, e rezando pela vitória, como se estas competições megalomaníacas tivessem algo que ver com o espiritual. Bom, em certo sentido tem, da mesma forma como a violência, a injustiça, a corrupção tem.

Puxa, que cara chato o autor dessa coluna! Todo mundo animado com a Copa e ele escrevendo estas besteiras! Por que ele não toma um chope bem gelado, veste verde-amarelo, se empanturra de churrasco, torce histericamente pelos deuses futebolísticos e esquece esta questão de “o gigante acordou”, e “passeatas pacíficas justas contra a corrupção que atingiu níveis insuportáveis”? Que cara retrógrado e antipatriota que não exalta a Copa!

Você está animado(a) com a Copa? Tudo bem. O Brasil pode ganhar, se tornar outra vez campeão mundial de futebol e daí sua vida passará a ser ... Daí os políticos passarão a ser ... Daí os hospitais e escolas decentes com profissionais decentes que o povo precisa em todo o território nacional passarão a ser ... Daí, você, leitor, diz: “Que cara chato este colunista! Acho que ele está querendo é entreter os leitores para distraí-los da Copa! Eu quero é Neymar para presidente!”.

Publicidade
TAGS:
César Vasconcelos de Souza

Cesar Vasconcellos de Souza

Saúde Mental e Você

O psiquiatra César Vasconcellos assina a coluna Saúde Mental e Você, publicada às quintas, dedicada a apresentar esclarecimentos sobre determinadas questões da saúde psíquica e sua relação no convívio entre outro indivíduos.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.