O Cariocão no Brasileirão

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e agora é deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna diária.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Hoje é dia

  • do bandeirante
  • Nacional da alfabetização

O dia

Tão comum nos tempos atuais, mas foi só em 14 de novembro de 1906 que um presidente americano visitou outro país. O primeiro a fazer uma visita oficial a outro país foi Franklin Roosevelt. O primeiro país visitado foi o Panamá.

Observando...

Cinco notícias que, talvez, você não viu

  • Globo estipula dezembro como data limite para Huck decidir se será candidato
  • Investimento público cai ao nível dos anos 1990
  • União Européia proíbe venda de armas à Venezuela e pode congelar ativos
  • Brasileiros ganham prêmio por pesquisas que substituem animais em testes
  • Definidos os 32 da Copa, formato de sorteio de grupos deve ter alterações

Palavreando

Estrelas não podem ficar muito tempo longe do céu e humanos não podem ficar muito tempo afastados da atmosfera.

O Cariocão no Brasileirão

O Campeonato Carioca particular que se faz no Brasileirão é claro: há duas vagas na Libertadores para três times. Botafogo, Flamengo e Vasco em disputa, sem confronto direto. É vencer e torcer a quatro rodadas do fim, ou seja, 12 pontos em disputa, com apenas um separando-os.

Na primeira final de cinco, o Botafogo foi quem teve o pior resultado. Derrota em casa, numa partida em que era o favorito diante do Atlético-PR. O Vasco também teve um resultado ruim, diante do São Paulo em ascensão. O empate lhe tirou os dois pontos preciosos que mudariam a ordem das coisas. Ao invés de perseguir a dupla- Bota-Fla, estaria à frente deles. Porém, o ponto conquistado foi melhor do que não conseguir nenhum. O Flamengo, bastante criticado, não teve uma derrota anormal diante do Palmeiras. Um resultado natural. O que não foi normal, nem natural foi a péssima atuação num momento decisivo. O Fluminense também teve um resultado normal diante do Cruzeiro. A derrota, no entanto, encerrou as possibilidades de entrar no Cariocão à parte no Brasileirão.

Ficou ainda mais difícil imaginar os dois dos três que conseguirão a vaga. O sonho dos três, só se o Flamengo garantir a vaga pela Sul-americana. Tarefa que parece mais difícil do que conseguir a vaga pelo Brasileiro. A tabela mais difícil no papel perece mesmo a do Flamengo: Coritiba, Corinthians, Santos e Vitória. Quatro times que brigam por algo. Coritiba e Vitória na luta contra o rebaixamento. Os anos anteriores mostram que esses times crescem muito na reta final. O Corinthians que, inclusive, pode conquistar o título na partida contra o Flamengo. O Santos na luta pela vaga direta na Libertadores. É de fato, uma tabela ingrata. O Vasco tem uma tabela mediana: Atlético-MG, Atlético-PR, Cruzeiro e Ponte Preta. Os dois primeiros praticamente sem chances de Libertadores e sem chances de rebaixamento. O Cruzeiro deve chegar para o confronto com o Vasco já assegurado diretamente na Libertadores. O “pega pra capar” deve ser na rodada final, diante da Ponte Preta precisando vencer para fugir do descenso. O Botafogo teria teoricamente a tabela mais fácil: Atlético-GO, São Paulo, Palmeiras e Cruzeiro.

Isso tudo é na teoria. Na prática é outra história. Portanto, não dá para arriscar dos três, quem perderá a Libertadores. Lamentável é que o Cariocão no Brasileirão não seja pela disputa do título, mas por vagas na Pré-Libertadores.

PEC 181

Nova Friburgo não deixou passar em branco os atos em defesa da "vida das mulheres". Ocorrido em diversas capitais, as ativistas locais fizeram com que Nova Friburgo fosse uma das poucas cidades do interior fluminense a chamar a atenção da sociedade para a PEC 181 que tramita na Câmara dos Deputados. Os protestos se evidenciaram depois que a comissão interna federal aprovou a criminalização do aborto até em casos de estupro e risco de vida para a mulher.

Todas contra 18

O direito ao aborto legal em casos de gravidez por estupro ou risco de morte para a mãe são direitos permitidos desde 1940 pelo Código Penal Brasileiro. A proposta voltará a ser discutida na Câmara no próximo dia 21, quando os deputados devem concluir a análise de 11 sugestões de alteração ao texto principal. Só depois de concluída esta etapa é que a PEC poderá seguir para plenário.

Publicidade
Agora Faz
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e agora é deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna diária.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.