Hoje é dia de Flamengo

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e agora é deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna diária.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Hoje é dia

  • do avaliador
  • do cego
  • do lapidador
  • do marinheiro
  • do ótico
  • do pedreiro

O dia

Em 13 de dezembro de 1968, o presidente Costa e Silva assinou o Ato Institucional nº 5, que dava a ele poderes absolutos e suspendia garantias constitucionais. O Congresso Nacional foi fechado.

Observando...

Cinco notícias que, talvez, você não viu

  • Em meio às demissões, Estácio investe para ter 8.400 alunos no ensino médio
  • Supremo mantém auxílio-moradia de R$ 4.300 para todos os juízes
  • Estudo aponta que lua cheia aumenta risco de acidente de moto
  • Pesquisa mostra que 67% dos brasileiros não sabem suas taxas de colesterol
  • PSG estaria de olho em Tite e CBF apressa renovação de contrato

Palavreando

O mundo é um imenso parque de diversões em que convidamos alguns poucos e bons para que compartilhem com a gente cada brinquedo.

Hoje é dia de Flamengo

Hoje é dia de Flamengo. É também dia de Rio, Vasco, Brasil e Atlético-MG. Contra o tradicional Independiente, contra a Argentina e acima das rivalidades regionais. A responsabilidade rubro-negra é grande no encerramento da temporada do futebol brasileiro, salvo o Grêmio no Mundial de Clubes. Representa muito mais do que só a torcida do Flamengo. É o futebol carioca e brasileiro reconquistando a América.

A tarefa é difícil, mas mais possível do que impossível. Vencer por dois gols de diferença, após a derrota por 2 a 1 na Argentina. Em caso de vitória mínima, prorrogação e pênaltis.

São 16 anos que separam a última vez que o Flamengo esteve numa final internacional. Para o Independiente, um dos maiores campeões do continente, também não é muito diferente. São anos que separam a última conquista. Menos que o Flamengo. Sete anos. Exatamente o título da sul-americana que o Flamengo busca sua primeira. O Maracanã, tão pouco utilizado neste ano, é o palco de todas essas torcidas. Um grand finale para o abandonado estádio que merece sorte melhor em 2018. Pelo título do Flamengo, pela vaga direta na Libertadores ao Vasco, pela vaga sobressalente para o Atlético-MG.

O Flamengo tem um grande time, superior ao Independiente. Mas final é final, ainda mais com o ingrediente extra da catimba argentina que certamente será mais do que nunca utilizada para manutenção até o fim do empate. Se o primeiro jogo ensina que o gol logo no início pode se tornar traiçoeiro, nesse segundo confronto, quanto antes o Flamengo abrir o marcador melhor. O Flamengo de Rueda é que estará jogando contra o tempo, até que lhe for favorável o tempo correr. Para tanto, o gol rápido é uma necessidade.

Resposta rápida

Integração das forças policiais reduziu o tempo de despacho de viaturas para ocorrências policiais e situações de emergência em 70%. É um dos resultados obtidos com a integração das forças policiais. Participam do centro integrado órgãos municipais, estaduais e federais, entre os quais as polícias Militar e Civil; Corpo de Bombeiros; Samu; Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais e Defesa Civil Estadual.

Empatia

Está em curso em todo o estado a campanha que utiliza a empatia para conscientizar as pessoas sobre a importância do respeito ao próximo. Com o mote “Minha história poderia ser a sua”, vítimas de LGBTfobia, racismo, intolerância religiosa entre outras violações de direitos, gravaram áudios narrando suas experiências e como as superaram.

Direitos Humanos

A campanha não coloca a imagem de quem relata a violência sofrida justamente para que o outro ao ouvir o áudio não relacione a mensagem à pessoa. A ideia é que ao imaginar a cena essa se coloque no lugar dela. A empatia é colocada como o primeiro passo na luta contra o preconceito. Ao longo da semana, estas narrativas estarão disponíveis nas redes sociais da Secretaria de Direitos Humanos.

Publicidade
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e agora é deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna diária.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.