Presidência

Giuseppe Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quinta-feira, 01 de março de 2018

Para pensar:

“A amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente ciosos da felicidade um do outro.”

Platão

Para refletir:

“Quando gastamos tempo demais a viajar, tornamo-nos estrangeiros no nosso próprio país”

René Descartes

Presidência

Dois ex-presidentes da Câmara Municipal deixaram comentários na coluna há poucos dias.

Começando pelo professor Jorge de Carvalho, ele lembra que à época da tramitação e aprovação da lei 3243/2003 apresentou emenda de natureza análoga ao projeto de lei de Zezinho do Caminhão, que pretende separar as cobranças da conta de consumo de energia elétrica e a contribuição para manutenção dos pontos de iluminação pública.

Facultativo

Naquela oportunidade a emenda foi rejeitada, e Jorge torce para que o mesmo não aconteça ao projeto de Zezinho.

"Entendo que, por ser contribuição, é facultativa e não obrigatória", argumentou.

Transmissão pela internet

Já Luciano Faria escreveu para lembrar a iniciativa de sua gestão, que implantou a transmissão das sessões pela internet, na página da própria Câmara Municipal.

Luciano lamentou que o serviço tenha sido descontinuado, alegando que a ferramenta seria de grande utilidade neste período sem transmissão televisiva das sessões.

Parlamento em casa

Aliás, Ângela Assunção também escreveu para manifestar sua desaprovação à falta de transmissão das sessões pela TV.

"Inadmissível não haver transmissão das sessões da Câmara. Quem é sério e acompanha os vereadores, acompanha os que comparecem e fazem jus ao salário que ganham."

Desdobramentos

Pois bem, há novidades publicáveis e impublicáveis a esse respeito.

O fato mais recente é que o procurador de justiça Fernando Galvão de Andréa Ferreira, posicionou-se pelo desprovimento do recurso apresentado pela Câmara para que pudesse retomar a prestação do serviço a partir da mais recente licitação.

Foi a quinta manifestação da Justiça até o momento, e todas elas seguiram a mesma linha.

Seriedade

Parece evidente a essa altura que os riscos da interrupção das transmissões foram subestimados em alguns momentos, e também que o colunista não estava vendo fantasmas quando manifestou seu desejo de que a questão, por sua complexidade, fosse analisada pela Justiça.

De novo, o tempo comprovou a seriedade deste espaço.

Mudanças?

Ainda assim, o Massimo tem motivos para acreditar que alguns entendimentos podem estar mudando, e que o serviço talvez não demore muito a ser retomado.

A essa altura, no entanto, nenhum direcionamento que o caso venha a tomar irá mudar o que foi dito aqui: o caso é complexo e merecia ser analisado com cuidado e atenção.

Futuro próximo

A bem da verdade, o passar dos dias reduz rapidamente o valor do que está em jogo, uma vez que todo o imbróglio diz respeito apenas aos próximos meses da TV Câmara.

Afinal, a médio prazo o caminho parece muito claro: uma nova licitação deve ser realizada no segundo semestre a valor mais baixo que o atual, contratando apenas os serviços de uma produtora, para que o conteúdo seja transmitido no canal da Alerj, em horário cedido.

Sangue na água

Tal perspectiva, sem qualquer alarde, tem causado bastante agitação no mercado, com várias empresas demonstrando interesse em tomar parte na concorrência.

A disputa promete ser boa, caso as tendências atuais venham mesmo a se concretizar.

Logo veremos.

Ciranda

O mês de março se inicia com a perspectiva de ao menos duas novas nomeações no primeiro escalão do governo municipal.

A primeira é na Secretaria de Obras, de onde o engenheiro Marcelo Faria anunciou que vai se desvincular ao fim do mês, ao término de suas férias.

Já a segunda, por razões éticas que outros comunicadores não costumam considerar, não será divulgada neste momento.

Mas a coluna pode antecipar que ainda não é a mudança que todos sabem que terá de acontecer.

Campanha de adoção

A Ssubea promove no próximo sábado, 3, sua quarta campanha de adoção de cãezinhos.

Quem tiver interesse em adotar deve levar identidade, comprovante de residência e "muito amor no coração", como bem lembrou a amiga Luanne Moliari.

O evento acontecerá novamente na Estação Livre, das 10h às 16h, com total apoio por parte deste colunista.

A propósito

A coluna também torce para que, no ano em que celebramos nossas riquezas a bandeira da proteção animal seja efetivamente tratada como política de governo, e que a subsecretaria receba todo o respaldo para que possa levar adiante as tão necessárias castrações de cães e gatos.

Castrações essas, por sinal, que têm sido prometidas por determinado vereador, em flagrante apropriação de um projeto externo e que ainda está longe de ter condições de ser aplicado por aqui.

Jardim Califórnia

O parceiro Stênio de Oliveira Soares, craque que sempre gabarita nossos desafios, envia desabafo a respeito do serviço de transporte coletivo para o Jardim Califórnia.

Ciente do canal de diálogo que mantém com a nova diretoria da Faol, a coluna assegura o espaço para eventuais respostas ou comunicações aos usuários.

Fala, leitor!

"Sou morador do Jardim Califórnia e estamos enfrentando sérios problemas de superlotação e atrasos constantes. E em certos momentos o coletivo nem passa no ponto."

Alô Cascatinha 

A propósito, a coluna informa também que, por determinação da Secretaria de Mobilidade Urbana, a linha 404, Cascatinha-Centro também passa a ter um grupo de WhatsApp para fornecer informações em tempo real sobre os horários de partida dos ônibus, a exemplo do que já acontece com a linha 405 Theodoro-Centro.

O grupo está disponível a partir de hoje, 1º, mas a empresa alerta que reclamações, pedidos de informação, sugestões ou elogios devem ser encaminhados para o e-mail ouvidoria@faol.com.br.

Respostas

Dia após dia os leitores confirmam que conhecem cada palmo da cidade.

Quanto ao desafio publicado na edição de ontem, 28 de fevereiro mostrando detalhe do Clube de Xadrez, mais pontos nas carterinhas de Filipe Saturnino, Cláudio Damião, Francisco Tavares, José Nilson, Raquel Souza, Stênio de Oliveira Soares, Francisco Lavra da Silva Pinto, Antônio Lopes, Marcelo Machado, Marcelo Verly, Manoel Pinto de Faria, Gilberto Éboli e da querida Lourdes Madeira. Parabéns a todos.

Em tempo

A querida Rosemarie Künzel ainda não havia enviado resposta até o fechamento desta edição, mas a coluna registra com atraso sua resposta correta enviada para o desafio anterior.

Dívida paga!

Desafio diferente

O desafio proposto hoje é de natureza diferente.

O objetivo não é identificar onde foi feita esta foto, mas dar início a uma corrente para que possamos mudar essa paisagem, dando melhor encaminhamento ao lixo que produzimos.

E aí, será que conseguimos mudar essa imagem?

Foto da galeria
Publicidade
TAGS:

Giuseppe Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.