Hora para tudo

Giuseppe Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

sábado, 10 de fevereiro de 2018

Para pensar: 

“Suporta-se com paciência a cólica dos outros.”

Machado de Assis

Para refletir:

“O autorrespeito é a raiz da disciplina; a noção de dignidade cresce com a habilidade de dizer não a si mesmo.”

Abraham Lincoln

Hora para tudo

O colunista compreende que estamos todos em clima de carnaval, e não é hora de mergulhar em temas mais pesados.

Tem hora para tudo.

Na agenda

Na Câmara Municipal, por exemplo, as sessões ordinárias só retornam no dia 20 deste mês, primeira terça-feira após os festejos de Momo.

E recomeçam logo com uma dupla jornada que promete ser intensa.

Afinal, a partir das 16h deve começar a sessão responsável pela composição das comissões, e logo em seguida será realizada a segunda sessão do dia.

Definições

Entende-se também que este seja o prazo final para a confirmação da liderança de governo, que - diante do revés na articulação que pretendia trazer Marcelo Verly de volta ao plenário - voltou a ficar em aberto.

A função vem sendo exercida de maneira informal pelo vereador Aylter Maguila, mas seu nome não é unanimidade na própria base e ainda não foi confirmado.

Talento regional

Todo friburguense que se preza conhece e acompanha com orgulho a trajetória de sucesso e superação protagonizada pelos lutadores nascidos ou formados aqui nessas montanhas.

Naturalmente Edson Barboza e Marlon Moraes são os principais expoentes dessa turma, assim como Anderson França e sua equipe o são, nos bastidores.

Mas existem outros nomes nessa galeria, com os quais devemos ir acostumando-nos.

Olho nele

Um desses nomes é o de Rudson Caliocane, de 25 anos, que reside em Cachoeiras de Macacu e é lutador profissional de MMA desde 2012.

Com cinco vitórias e uma derrota no currículo, o peso galo (até 61,5kg) é faixa preta de Jiu-Jítsu, faixa roxa de Judô, Prajed azul escuro de Muay Thai.

Mesma fonte

Atualmente Rudson treina na Tata Fight Team, na Barra da Tijuca, e na Fight Co, com Anderson França, aqui em Nova Friburgo.

E o colunista abriu espaço para o registro porque há poucos dias ele conquistou o importante prêmio Osvaldo Paquetá de Nocaute do ano, em 2017.

Extremo oposto

Acabamos de citar um caso de competência, e - em clima de carnaval - o colunista não pode deixar de brincar com o extremo oposto, a incompetência absoluta de algumas dessas pessoas que usam máscaras o ano inteiro, e apenas vez ou outra deixam ver o que está abaixo da propaganda.

Representante de muitos

Ao escrever essas linhas, o colunista tem em mente o embaraçoso vídeo gravado recentemente pela deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), numa lancha, cercada de homens seminus, defendendo sua constrangedora nomeação como Ministra do Trabalho.

Mas também temos exemplos mais próximos.

Sugestão

De todo o episódio, fica o desejo que as máscaras não sejam colocadas a partir da quarta-feira de cinzas, e que a população possa se decidir nas próximas eleições com base em informações verdadeiras, e não numa competição sobre quem mente melhor.

Fica a sugestão, mais uma vez, de que promessas de campanha não cumpridas sejam alvo de ação judicial, podendo inclusive ser configuradas como crime eleitoral.

Porque o carnaval precisa ter hora para acabar.

Resposta

Antes de partirmos para nosso tradicional desafio de fim de semana, a coluna precisa registrar a resposta correta enviada por Marcelo Machado para o prédio da Fundação Getúlio Vargas.

E, já que o objetivo da brincadeira é promover de forma divertida o conhecimento da cidade que habitamos, vale também reproduzir a resposta enviada - e já registrada - por Marcelo Verly.

Aspas

“Sede do Colégio Nova Friburgo da Fundação Getúlio Vargas, que funcionou no Parque da Cascata entre as décadas de 1950 e 1970, uma das experiências pedagógicas de maior expressão no país, em todos os tempos, com muitas informações disponíveis no site http://www.gnfcnf.org.br/, mantido pela Associação dos Ex-Alunos, Professores e Servidores do Ginásio/Colégio Nova Friburgo. De 1989 a 2011, foi sede inicialmente do Instituto Politécnico do Rio de Janeiro e, posteriormente, do Campus Regional da Uerj - Instituto Politécnico, abrigando cursos de graduação em Engenharia Mecânica e Engenharia de Computação, Mestrado e Doutorado em Modelagem Computacional e Mestrado em Ciência e Tecnologia dos Materiais, bem como do Polo Cederj - Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro. Um dos mais belos espaços que já conheci em minha vida!”

Pergunta

Fim de semana prolongado e a coluna não deixaria os amigos sem um desafio para ajudar a ocupar o tempo.

Novamente com a grife da talentosa e generosa Regina Lo Bianco, o Massimo apresenta esta foto para apreciação dos leitores.

E então, que fachada é esta que estamos vendo?

Abraço, e tenham todos, um ótimo e respeitoso carnaval.

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

Publicidade
TAGS:

Giuseppe Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.