Feliz aniversário!

Giuseppe Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Feliz aniversário!

Feliz aniversário, amada Nova Friburgo!

Terra que serve de (belo) cenário para nossas histórias; terra que abriga e embala nossos sonhos: terra de convívio construtivo e pacífico entre culturas diferentes; terra de ar puro, clima agradável e natureza exuberante.

Que o novo século de história, que ora se inicia, possa lhe reservar o tratamento merecido, por nós mesmos, nossos filhos e netos, e todos aqueles que, como nós ou nossos ancestrais, venham aqui viver, encantados por suas belezas.

Coração do Rio

Coração do estado mais charmoso e conhecido do Brasil, única cidade brasileira criada por decreto real, dona do clima mais frio do Rio de Janeiro e de duas das 20 montanhas mais altas do país.

Principal santuário do que restou de uma das florestas de maior biodiversidade em todo o mundo, cidade-mirante, cidade-parque, cidade-vale, centro geodésico do estado.

Da Praça e do parque de Glaziou, das Catarinas, Duas Pedras e o Imperador com pinta de elefante.

Nosso lar

Terra do Cão Sentado, do teleférico, do Encontro dos Rios e da Pedra Riscada.

Da pizza no Califórnia, do sanduba no Au Au, do doce no Sader.

Terra do Nêgo e suas esculturas arrepiantes, terra da Queijaria, da agricultura e das flores de corte, do Tiro de Guerra e do Velho Marinheiro.

Terra de Lumiar, de São Pedro da Serra e de Amparo. De Riograndina, Campo do Coelho, Mury, de Olaria e Conselheiro.

Do Caledônia, que domina parte do horizonte de quem visita o Cristo Redentor, e dos Três Picos, tão gostosos e fáceis de identificar pela janela do avião.

Tantos rostos

Terra de Benitos, Rogérios, Rogérias, Bornays, Guignards, Edmos, e Reginaldos.

De Machado, Drummond, Casimiro, Jaburu e Zuenir.

De Barboza e Marlon, de França, Monnerat, Swian e tantos outros guerreiros.

De Jhenniffer e de Ilona, terra de helvéticos, negros e germânicos, magiares e libaneses. De japoneses, chineses, espanhóis, portugueses, italianos, franceses e tantos mais.

Terra de lendas e mitos, da mão que guardava o beijo dentro da luva, ou do inconfidente que aqui teria buscado Amparo. Das lágrimas de Virgílio e do urso que se disfarça de coelho.

Viva!

Terra da moda íntima; das confecções familiares e das que geram centenas de empregos.

Terra do metal mecânico, das dobradiças, ferragens e fechaduras.

Da cerveja artesanal, da Geração Bendita, da truta e da pizza de aipim.

De jovens empresas de tecnologia e da tradição no carnaval e nas bandas mais que centenárias.

Do trem em preto e branco, ou das cores de Regina Lo Bianco.

Terra mosaico, terra amada, onde plantamos nossos futuros e nossos corações.

Viva Nova Friburgo!

Inesquecíveis (1)

Em clima de recordação, leitores chamam atenção para dois personagens que não podem ser esquecidos.

Nas redes sociais, Maria Lua iniciou campanha voltada a homenagear a incansável Thereza Albuquerque de Mello, dando seu nome ao espaço Pró-Memória de Nova Friburgo.

Identificada muito justamente como “grande dama da memória friburguense”, Thereza merece mesmo todas as homenagens.

Inesquecíveis (2)

Já o leitor Sérgio Seixas confidencia que “quando da reinauguração do teatro da Casa Suíça, que diga-se de passagem, ficou com acomodações excelentes, senti a falta de ser citado ao menos uma vez o nome de Ariosto Bento de Mello, idealizador da união entre Nova Friburgo e Fribourg. Falou-se apenas em Heródoto, que deu continuidade ao processo, mas me parece uma questão de justiça que seja lembrado também o nome de quem deu início a este processo de integração entre as duas cidades.”

Parabéns

Nova Friburgo todas as saudações e elogios neste dia. E o deputado Comte Bittencourt que possui grandes vínculos com esta terra abençoada, faz questão de destacar todo o carinho que tem pela nossa querida cidade.  

"No ano em que comemoramos o bicentenário de nossa Nova Friburgo, desejo que a cidade continue trilhando a trajetória de crescimento e desenvolvimento que garante seu protagonismo no estado do Rio e tanto honra seus moradores. Parabéns ao município e a todos os friburguenses! Reafirmo, nesta data tão importante para todos nós, o  compromisso do meu mandato com Nova Friburgo, que também é parte da minha própria história"

Portugal presente (1)

O presidente da Câmara Municipal de Nova Friburgo, vereador Alexandre Cruz, recepcionou na manhã de segunda-feira, 14, o presidente da Câmara de Santo Tirso, Joaquim Couto, e o vice-presidente, Alberto Costa.

Em Portugal, os cargos equivalem aos nossos prefeito e vice-prefeito.

Portugal presente (2)

Joaquim já esteve em Nova Friburgo 30 anos atrás, no governo Paulo Azevedo, quando concretizou a geminação entre as cidades, eternizada em marcos na Praça Getúlio Vargas e na entrada do Legislativo Municipal.

Os senhores Joaquim e Alberto participam das comemorações do bicentenário de Nova Friburgo.

Foto da galeria
Publicidade
TAGS:

Giuseppe Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.