Antes tarde

Giuseppe Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quinta-feira, 07 de dezembro de 2017

Para pensar:

“O coração do homem existe para reconciliar as contradições mais notórias.”

David Hume

Para refletir:

“A felicidade não é um prêmio da virtude, é a própria virtude.”

Baruch Espinoza

Antes tarde

O fato se passou há alguns dias, e só não foi abordado antes por aqui justamente porque merece ser mencionado com o devido aprofundamento.

Após muitos meses da mais absoluta divergência entre os discursos de funcionários e do comitê gestor da Secretaria Municipal de Saúde, a chefia de enfermagem do centro cirúrgico do Hospital Municipal Raul Sertã comunicou a interrupção no agendamento de cirurgias eletivas, “diante da falta de insumos básicos”.

Foco

O colunista poderia, a partir desta constatação que vai ao encontro de tudo que tem sido informado e apurado, seguir diversos rumos.

Mas, como o único objetivo é ajudar a construir uma cidade melhor a partir do uso responsável das informações, tentemos ser o mais prático e producente que podemos.

Serviço final

A cobertura diária revelou que existem muitas pessoas tecnicamente qualificadas integrando a equipe que administra a pasta, mas - por razões que não vale a pena debater neste momento - o fato é que a Saúde municipal não foi satisfatória em 2017.

A aquisição de medicamentos não funcionou, a manutenção está precária, a esterilização não está no patamar desejado, os vínculos empregatícios (em boa parte herdados de governos passados) precisam ser revistos, e todo este cenário tem causado enorme estresse às equipes, e muito sofrimento a pacientes.

Não se trata de crítica, mas de uma constatação mais do que respaldada. 

Futuro

A esperança por ver problemas sendo reconhecidos, contudo, por vezes choca-se com a apreensão de observar movimentações de bastidores que sugerem a intenção num ou noutro de tirar proveito daquilo que não está bom, visando benefícios próprios.

Em português claro: é certo que algo precisa mudar, mas é preciso ter muito cuidado na escolha do rumo que será tomado para 2018.

Total apoio

Olha só que projeto legal, informado à coluna pelo ex-vereador Gabriel Mafort, por quem o colunista tem o maior respeito.

A Cáritas Diocesana de Nova Friburgo está lançando em toda a Diocese o projeto óleo de cozinha, que pretende estimular a doação do óleo usado para que ele tenha uma destinação ecologicamente correta.

Aspas

“Este óleo é um elemento presente na maioria dos lares e no comércio de alimentos de nossas cidades. Além dos danos ao meio ambiente, o descarte irregular obstrui as redes coletoras de esgoto e estações de tratamento, prejudicando a rede de distribuição de água nas cidades e entope os canos. Cada litro de óleo contamina 25 mil litros de água. No entanto, é possível reutilizar esse material transformando em sabão em barra, detergente, cloro, velas caseiras, industriais e decorativas, além de outros derivados”, informa a Cáritas.

Segue

“Não queremos apenas apresentar um problema e suas dimensões, queremos apresentar um caminho ecologicamente correto. Analisando o projeto em sua concepção geral, destacamos um ponto fundamental: o respeito pelo meio ambiente, envolvendo uma ação prática, feita com simplicidade e poucos recursos. Neste sentido, a Cáritas Diocesana de Nova Friburgo vem contribuir com os festejos dos 200 anos de nossa querida cidade e conclama toda a sociedade a assumirmos juntos este projeto.”

Time

A diretoria da Cáritas atualmente é composta pelo padre Alex de Paiva Ribeiro (presidente); pelo diácono Ubaldo Damasceno (vice-presidente); por Vera Maria de Oliveira Damasceno (secretária), Paulo Mezavila da Silva (tesoureiro), Gabriel Mafort e Bellini Figueiredo dos Santos (conselheiros).

Em tempo...

Por falar em ex-vereador, a presença de um deles em evento realizado esta semana não deixou de ser notada.

Para quem vem sendo tão cotado para retornar ao plenário em posição de destaque, é o tipo de imagem que vale por mil palavras.

A pergunta que mais se faz é: antes ou depois do recesso?

Apoio a quem merece

Na terça-feira, 5, a Comissão de Orçamento da Alerj aprovou, por cinco votos a dois, a emenda 105 à Lei do Orçamento Anual (LOA) 2018 que garante que o Executivo repasse mensalmente, no mínimo, 50% da dotação orçamentária para o custeio das universidades fluminenses, assim como da Fundação Carlos Chagas de Apoio à Pesquisa (Faperj).

Proteção ao futuro

A comissão defende que garantir a autonomia financeira dessas instituições, através do repasse mensal de recursos, “é assegurar o futuro do Rio de Janeiro com o pleno funcionamento do seu ensino superior público e de incremento a pesquisa do estado”.

Aspas (2)

"Não há como pensar em soluções para superar a crise fiscal que não passem pelo incentivo de pesquisa, ciência, tecnologia e inovação. Entendo a crise do estado e, por isso, a emenda só diz respeito a, no mínimo, 50% do custeio das instituições, porém, o objetivo é que, no futuro, consigamos o repasse mensal de 100% do orçamento para todas elas”, concluiu o deputado estadual Comte Bittencourt.

Por falar nele...

E já que falamos em Comte, o amigo Girlan Guilland informa que entregou ao deputado a proposta de criação do "Programa 200 mil guias voluntários de turismo”, concebido com o objetivo de treinar e conscientizar a população friburguense para a importância do setor.

“Não restam dúvidas de que Nova Friburgo tem vocação e potencial para o turismo, mas se não tratarmos de envolver e conscientizar a população, todos os esforços me parecem pífios”, argumentou.

Para todos

Também receberam cópias da proposta os secretários municipal e estadual de Turismo, Wilton Neves e Nilo Sérgio Felix, respectivamente; a presidente do Convention Bureau, Ana Paula Blaudt; e o prefeito Renato Bravo.

Publicidade
Agora Faz
TAGS:

Giuseppe Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.