Adiou

Giuseppe Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quarta-feira, 08 de novembro de 2017

Para pensar:

“Não se esqueça de que os santos são pecadores que continuam tentando.”

Nelson Mandela

Para refletir:

“Nunca se esquecem as lições aprendidas na dor.”

Provérbio africano

Adiou

Os leitores habituais devem se recordar que a coluna anunciou, há alguns dias, que uma comitiva do governo estadual iria vistoriar o canteiro do hospital de oncologia, na Ponte da Saudade, na última sexta-feira, 3.

Pois bem, a operação acabou sendo cancelada em cima da hora por solicitação do secretário de obras, José Iran Peixoto Júnior.

A nova data do esforço ainda não foi divulgada.

Ampulheta

A experiência nos ensina que na política, ao contrário do que ocorre no jogo do bicho, nem sempre vale o que está escrito.

Ainda assim, o Massimo entende que o próximo dia 17 representa um marco importante para o sonho de um dia vermos este hospital funcionando.

Burocraticamente falando, seria necessário que todas as etapas fossem cumpridas até este prazo, sob pena de não restar tempo hábil para a tramitação bancária antes da devolução dos recursos à União.

Trocando de mãos

Conforme a coluna havia registrado, o deputado estadual Wanderson Nogueira reuniu-se com o presidente da Alerj, Jorge Picciani, e o hospital foi um dos temas em pauta.

Em parte como resultado das audiências realizadas semana passada, o governo transferiu a gerência da situação da Secretaria de Obras para a de Saúde, num movimento que foi visto com bons olhos por todos os envolvidos.

Resta apenas ver se não ocorreu tarde demais.

Filme antigo

O que o colunista expõe a partir daqui não são informações confirmadas, mas tendências bem definidas que - com sorte - podem não se concretizar.

São fortes os sinais, a esta altura, de que nosso sonhado hospital cairá em breve no limbo das incertezas.

O governo estadual quer alterar (reduzir) o projeto, e o mais provável que o governador leve a nova proposta a Brasília, tentando reaver os recursos sem nenhuma garantia.

Tomara que não

Inclusive, ninguém deve se surpreender caso a unidade volte a figurar entre promessas de campanha no futuro próximo.

Resta torcer para que o futuro não confirme nada disso.

Mobilização

Foi agendada para hoje, 8, uma reunião no salão do Sindicato dos Metalúrgicos (Rua General Osório, em frente à Casa dos Pobres São Vicente de Paulo) para “mobilização e organização do comitê de observação, acompanhamento e proposição de políticas públicas sobre a saúde no município”.

Participação popular

O encontro é um desdobramento de reunião anterior, realizada no último dia 26 de outubro, e terá início às 18h30.

O principal objetivo é buscar meios para que a sociedade possa melhorar de alguma forma o quadro complicado de nossa rede municipal de saúde na atualidade.

Aliás...

Ontem, 7, a comunidade dos Caps em Nova Friburgo realizou protesto contra os atrasos de repasses que já são registrados há seis anos, e que têm prejudicado o importante trabalho de aproximadamente 40 profissionais, distribuídos nas três unidades existentes na cidade.

Importante observar que o tom das manifestações foi bem diferente - e muito mais grave - do que nos protestos realizados em maio.

Só não vê quem não quer.

Morta

Diversos leitores comunicam à coluna que a operadora Vivo está sem sinal desde a última sexta-feira, 3,  no Cônego e no Bairro das Graças. As reclamações dão conta de que o apagão está impedindo não apenas a realização de ligações, mas também o acesso à internet.

A coluna pede aos leitores que informem caso o problema seja solucionado, para que possamos dar o mesmo espaço aqui.

Respostas

De forma surpreendente, a fachada da bela casa na Avenida Galdino do Valle Filho foi reconhecida apenas pelos fieis companheiros Stênio de Oliveira Soares, Rosemarie Künzel e Sílvio Poeta.

Parabéns a todos.

Sem pergunta

O desafio tira uma breve folga, mas retornará em breve com novas fotos para a apreciação dos leitores.

Foto da galeria
Publicidade
Agora Faz
TAGS:

Giuseppe Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.