Traumatizada a cidade

Há 50 anos

Há 50 anos

Coluna que mostra o que foi notícia em A Voz da Serra 50 anos atrás.

sábado, 12 de agosto de 2017

Edição de 12 e 13 de agosto de 1967

Pesquisado por Guilherme Alt

Manchetes:

  • A Assembleia Legislativa contesta, no Supremo Tribunal Federal, as arguições de inconstitucionalidade da Lei Mater Fluminense feitas pelo governador Geremias.
  • Em Friburgo, o funcionalismo municipal está na pista dos autores do boicote em torno da sua justa pretensão de majoração de vencimento.
  • O deputado Álvaro de Almeida especialmente homenageado em Campos no último domingo, quando visitou a capital econômica do nosso estado.

Chamadas:

  • General Rosado dá todo apoio ao DCT do Estado. O general Rubens Rosado, diretor-geral do Departamento dos Correios e Telégrafos, disse ontem que está examinando com maior interesse todas as sugestões, indicações e pedidos dos deputados fluminenses, relativos a abertura de agências postais telegráficas no interior do estado, bem como construção de outras nos principais municípios.
  • Capitão Ekio José Alves. Acaba de ser nomeado para as funções de chefe de serviço de oficinas de transporte na nossa Prefeitura o dinâmico oficial reformado do nosso exército, capitão Ekio José Alves, que por vários anos chefiou a Junta de Alistamento Militar desta região.
  • Um líder a menos. Perdemos o Worms. A morte o arrebatou tão cedo do nosso convívio, fica indelével na gratidão dos friburguenses. Foi-se um amigo dedicado, um companheiro valoroso, um idealista sincero, uma das mais lídimas esperanças nessas batalha que estamos travando para transformar Nova Friburgo em uma cidade universitária.
  • Deputados aplaudem o átomo para desenvolvimento. A VOZ DA SERRA ouve os deputados Alvaro Fernandes e Alvaro de Almeida: Usina Atômica. Nossa reportagem, credenciada na Assembleia Legislativa, o presidente do legislativo, deputado Alvaro Fernandes e o deputado Alvaro de Almeida, sobre a instalação no Rio de Janeiro, de uma Usina Átomo-Elétrica.

Pílulas:

  • Além de ser um poder completamente “desarmado” com percentual mínimo dos recursos materiais, políticos, administrativos, etc, etc, o legislativo friburguense ainda está marcado por atos de notória baboseira, como este da suspensão do seu Boletim Informativo, única forma de encontro com o povo, melhor dizendo, veículo propagador das proposições apresentadas, discutidas e votadas pela Câmara.
  • Ao que parece, a presidência da Câmara quer colocá-la em “ponto morto”, completamente ignorada pelos munícipes, para não dizer completamente inoperante ou desmoralizada por aparente inanição... Não é possível que 16 delegados do povo sejam “sentenciados”, sem qualquer reação, como carneirinhos, como vaquinhas de presépio...
  • Enquanto o Executivo tem o boletim informativo órgão oficial, e distribua matéria remunerada para a imprensa, inclusive da Capital, o poder cúpula da democracia nem sequer divulga seus atos oficiais e até deixou de publicar os editais de convocações, sessões e reuniões.
  • A miséria ou outra coisa bateu às portas da Câmara Municipal. Soubemos que o vereador Walter Azevedo vai propor uma substituição entre vereadores, com o fim de angariar recursos, para a edição de notas, notícias do Legislativo Friburguense.
  • Não está longe do colunista Stanislau Ponte Preta colocar gente no seu famigerado Festival de Besteiras.
  • É preciso que o funcionalismo municipal repila com veemência toda e qualquer ideia de concessão de reajustamento de vencimento, favor ou esmola. Registrará com detalhes todo o movimento demagógico de “cartaz” de pseudos donos de estabelecimentos públicos.

Notas sociais:

  • AVS registra os aniversários de: Sr. Adelino Valente, Dr. José Amélio, Sr. Alvarino Bessa (12); Sr. Lafayette Bravo Filho, Sra. Alba Cortez, Dr. Dermeval Barbosa Moreira, Sr. Bernardino Vieira Gomes (13); Angelo Chaves, tenente Augusto Azevedo Andrade, José Carlos, Ricardo Roberto (14); monsenhor José Antônio Teixeira (15); professora Eliana Lúcia Yunes; Paulo Cesar, Sra. Ondina Barbosa, Senhorinha Cibele El-Jaick, Senhora Dona Olivia Campanazzi (16); professora Dorothéia Garcia Ventura (17); Dr. João Maria Braune (18); deputado Messias Teixeira, Olga Maria, Sr. Albertino Moreira.

Colunas:

  • Nelson Kemp assina “Traumatizada a Cidade”: As oficinas pararam, os motores silenciaram, o Ensino Profissional de Friburgo perdera seu grande Mestre, a notícia correra vertiginosamente pela cidade, que ficou estatelada pelo brutal acontecimento, ninguém sabendo explicar como morrera Worms de Carvalho Bastos, nos seus 35 anos.
  • Pedro Cúrio, em “Ordem do Dia”, assina: Movimento Bibliográfico. As edições de Ouro, na série Livros De Bolso publicaram o mês findo três magníficas obras que registramos a seguir. Antologia da eloquência universal, coletânea dos mais afamados discursos e sermões que abrangem Péricles, até Carlos Lacerda e dentre eles estão os mais célebres como “O Senhor da Montanha”, de Jesús, “Visita a Casa Paterna”, de Rui Barbosa, “Sangue, suor e lágrimas”, de Churchill e termina com a “Justiça de Echelmann”, de Carlos Lacerda.
  • Em “Retalhos” J.B. da Silva destaca: a morte do “amigo, sincero, leal companheiro, do Prof. Worms. Sua lembrança há de perdurar como exemplo aos homens de nossa terra. Amigo incondicional dos seus amigos. Perdeu a cidade um fator atuante. Os seus amigos traumatizados e pesarosos com seu prematuro passamento, permanecerão, por muito tempo, como estamos, desde a sua morte”.
  • Em “Mosaicos Cotidianos”, W. Robson destaca: a simpatia das telefonistas do Jair, que nunca “perdem a linha” e sempre “quebram galhos”, apesar de ouvir muitas broncas. O aniversário da coluna “Retalhos” de J.B da Silva. O autor da coluna estava a poucos dias de se tornar avô.  Parabenizando a beleza de Angela Kräemer com sua “graciosidade ao andar de mine-saia”. À inserção da Feira Livre diariamente, a pedido de seu “amigalhaço”, Carvalho. A expectativa da Marinha em realizar um evento grandioso em comemoração à “Semana da Marinha”.

Anúncio:

  • Caixalmeida a embalagem que oferece perfeição e baixo custo.

 

Foto da galeria
Publicidade
Agora Faz
TAGS:

Há 50 anos

Há 50 anos

Coluna que mostra o que foi notícia em A Voz da Serra 50 anos atrás.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.