Vozes da África

David Massena

David Massena

David estreou nas colunas sociais ainda na década de 70. É jornalista, cerimonialista, bacharel em Direito, escritor e roteirista. Já foi ator, bailarino, e tantas coisas mais, que se tornou um atento observador e, às vezes, crítico das coisas do mundo.

sábado, 15 de julho de 2017

Pinçado da Internet:

“Deixe que digam, que pensem, que falem...”

Vozes (1)

Neste sábado, 15, o Projeto Mão na Massa, coordenado pela Missão Peixes, realiza o segundo e último dia do evento Vozes da África, aqui, em Nova Friburgo.

O objetivo é partilhar com a comunidade friburguense a experiência missionária vivida no Senegal e arrecadar fundos para ajudar os projetos sociais que trabalham com crianças na região de Kolda/Senegal/África.

O evento acontece no Teatro Sania Cosmelli, no Colégio Nossa Senhora das Dores.

Vozes (2)

Um bazar com produtos exclusivos e artesanais trazidos da África: tecidos, roupas, bolsas, bonecas, quadros, fotografias... terá arrecadação revertida para a causa.

O bazar ficará aberto entre 10h e 16h.

Marketing (1)

Na próxima semana, a One 2 One Comunicação lançará em sua Fan Page do Facebook o e-Book 'Guia do Marketing Político'.

Um material amplo, com informações úteis e interessantes sobre Marketing Político, um guia essencial para uma campanha eleitoral, para um mandato de um político, para quem pensa em se candidatar nas próximas eleições, trabalha no ramo, ou é um adepto e interessado no assunto.

Marketing (2)

O e-book traz ainda orientações de como aplicar algumas técnicas e estratégias na rotina de comunicação governamental e eleitoral.

O link para baixar o material será disponibilizado na página da One 2 One: one2onecomunicacao.

Fica aí uma dica para os políticos de plantão.

Mais informações também pelo site www.one2onecomunicacao.com.br.

Novos caminhos (1)

Tem gente que nem sabia que as Havaianas eram propriedade dos irmãos Joesley e Wesley Batista.

Porém, com o “advento” da delação premiada da JBS, o Brasil inteiro ficou sabendo que as tradicionais sandálias que não têm cheiro e, pasmem! ...não soltam as tiras... deixaram rastros em escândalos de corrupção.

Desde então um boicote à marca significou uma queda vertiginosa nas vendas.

Novos caminhos (2)

Agora, com publicação esta semana sobre a venda da Alpargatas, responsável pela fabricação das Havaianas, nas redes sociais pipocaram avisos positivos liberando a compra das famosas e concorridas sandálias.

A venda foi concretizada na noite da quarta-feira, 12, pela Itaúsa, holding que controla o Banco Itaú, por R$ 3,5 bilhões.

 A Alpargatas responde, também, pelas marcas Osklen e Mizuno.

Novos caminhos (3)

Segundo especialistas, o interesse do grupo J&F com a venda da Alpargatas é conseguir dinheiro para bancar os R$ 10,3 bilhões do acordo de leniência fechado pelos irmãos Batista com a Lava-Jato.

Impression

É o ator Rodrigo Lombardi a celebridade escolhida para divulgar o novo perfume do Boticário.

Ele faz parte do poderoso time da Eudora, a primeira empresa nacional no segmento a atuar por meio de uma estratégia multicanal que inclui venda direta, comércio eletrônico, além de lojas próprias para experimentação e compra de produtos.

Crise

Os números do comércio despencaram segundo dados fornecidos pelo CDL Rio.

As consultas (item que mede o movimento do comércio) recuaram 7,9% em junho em relação ao mesmo mês do ano passado.

A inadimplência aumentou 1,8% e as dívidas quitadas aumentaram 0,9%.  No acumulado dos seis meses do ano (janeiro/junho) de 2017 em comparação com o mesmo período de 2016 as consultas recuaram 7,8% (pior resultado em 17 anos) e a inadimplência e as dívidas quitadas cresceram, respectivamente, 1,4% e 0,5%.

Oportunidade

O Museu de Arte do Rio (MAR), sob a gestão do Instituto Odeon, está com entrada grátis em todos os fins de semana do mês de julho.

Para mais informações sobre a programação, veja em www.museudeartedorio.com.br.

200 anos (1)

A Fevest foi sucesso. Até aí, nenhuma novidade. A receita de bolo já foi experimentada muitas vezes e em alguns anos solou. Em outros, passou do ponto. Mas no geral, está tudo redondinho.

Mas o que será da Fevest no ano em que comemoraremos os 200 anos da cidade que se diz capital da moda íntima?

200 anos (2)

Reverenciar as libanesas Hayffa Abicallil, Maria Nader e tantas outras precursoras do ensino do corte e costura na cidade? É aí que a história se inicia...

Reconhecer a importância dos alemães que trouxeram a industrialização e o prêt-à-porter?

Agradecer a nomes como Mary Tinoco das Linhas MT, a mestra Maria Vênus, ao querido e esquecido estilista Eduardo Rodrigues?

E são tantos outros...

200 anos (3)

Formar um casting de modelos friburguenses que brilham mundo afora, oportunizar produtores e produtoras de moda daqui que acontecem nas grandes capitais e assinam editoriais em revistas internacionais, ou vamos insistir na receita de bolo dos desfiles repetitivos com adereços do Saara?

Se na hora de captar recursos o discurso é generoso em dizer que a Fevest é de todos os friburguenses, chegou a hora de, na prática, repensar em favor dos friburguenses as ações do evento.

E que venha 2018! 

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

    Com toque de mestre, a De Chelles não trouxe apenas Luana Piovanni para celebrar os 30 anos da marca em seu desfile na Fevest. Pelas mãos de Wellington Vieira e Pedro Belver, as modelos friburguenses, com carreira internacional, Millena Barrozo e Nathalie Aldridge desembarcaram na cidade para orgulho de todos (Fotos: Pedro Bessa)

Publicidade
Agora Faz
TAGS:

David Massena

David Massena

David estreou nas colunas sociais ainda na década de 70. É jornalista, cerimonialista, bacharel em Direito, escritor e roteirista. Já foi ator, bailarino, e tantas coisas mais, que se tornou um atento observador e, às vezes, crítico das coisas do mundo.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.