Linhas fixas caem

Antônio Fernando

Blog do Antônio Fernando

Friburguense, jornalista, 65 anos, taurino e vascaíno. Antônio Fernando atuou em diversos veículos de Nova Friburgo e atualmente é redator das colunas Radar e Impressões onde ele deleita o leitor de A VOZ DA SERRA com suas visões peculiares sobre o mundo.

terça-feira, 06 de março de 2018

Linhas fixas caem

O número de linhas fixas apresentou uma redução de 2,75% nos últimos 12 meses. É o que mostra balanço da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Na comparação entre janeiro de 2018 e o mesmo mês do ano passado houve uma perda de 1.150.579 linhas.

*****

Atualmente, o país possui 40.691.498 linhas ativas, das quais 23.546.240 são de empresas concessionárias e 17.145.258 de empresas autorizadas a prestar o serviço.

Os números da Anatel, mostram que a redução no número de linhas, nos últimos 12 meses, foi mais acentuada para as concessionárias que registraram menos 1.096.098 de linhas.

Inflação reduzida

O mercado financeiro reduziu pela quinta semana seguida a estimativa para a inflação este ano. A expectativa de bancos e outras instituições para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 3,73% para 3,70%, de acordo com o boletim Focus, publicação semanal do Banco Central sobre os principais indicadores econômicos.

*****

A projeção segue abaixo do centro da meta de 4,5%, mas acima do limite inferior de 3%. Para 2019, a estimativa para a inflação foi levemente reduzida do centro da meta (4,25%) para 4,24%.

Postos de trabalho

Em janeiro, o Brasil criou 77.822 mil novos postos formais de trabalho, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. O resultado é o melhor para o período desde 2012, e é a primeira vez desde 2014 que as contratações superam as demissões. O saldo é resultado de 1,3 milhão de admissões e 1,2 milhão de desligamentos.

A última divulgação, que trouxe o saldo de 2017, mostrou que o Brasil fechou o ano passado com resultado negativo, foram fechadas 20,8 mil vagas de trabalho.

Censo agropecuário

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) já completou 93,6% da coleta de dados do 11º Censo Agropecuário Brasileiro. Já foram colhidas informações de 4,9 milhões de estabelecimentos, dos 5,2 milhões estimados inicialmente pelo IBGE. Segundo o presidente do instituto, Roberto Olinto, com esse nível de coleta de dados a meta da pesquisa já foi atingida. Portanto, a divulgação dos dados do censo está mantido para julho.

Cartas falsas

Cartas que pedem atualização de dados bancários junto à Receita Federal são falsas, alerta o próprio órgão. Em nota, a Receita diz que contribuintes têm recebido cartas por via postal, na própria residência, intimando-os a regularizar os dados cadastrais. Nessa correspondência, há um endereço eletrônico para acesso e atualização dos dados. Apesar de possuir a logomarca da Receita Federal, a carta é uma tentativa de golpe e não é enviada pelo órgão nem tem sua aprovação. A orientação ao contribuinte é que, caso receba esse tipo de correspondência, destrua e jamais acesse o endereço eletrônico indicado

Elite do funcionalismo

A elite do funcionalismo público, formada pelos membros do Judiciário, Ministério Público e Tribunais de Contas, está isenta do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), segundo levantamento do Broadcast com dados da Receita Federal. Em 2016, cada juiz, procurador, ministro ou conselheiro de Tribunal de Contas recebeu em média R$ 630 mil, sendo cerca de R$ 180 mil livres de qualquer tributação.

Vendas da construção

As vendas no varejo de material de construção em todo o país tiveram queda de 9% em fevereiro na comparação com janeiro, segundo pesquisa divulgada pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco). Em relação a fevereiro de 2017, o movimento do setor ficou estável.

*****

Na comparação entre fevereiro e janeiro, a região que teve a maior queda foi o Nordeste, com retração de 16%, seguida pelo Sul, com diminuição de 15%. As lojas do Centro-Oeste acusaram recuo de 6% no faturamento.

Publicidade
TAGS:

Antônio Fernando

Blog do Antônio Fernando

Friburguense, jornalista, 65 anos, taurino e vascaíno. Antônio Fernando atuou em diversos veículos de Nova Friburgo e atualmente é redator das colunas Radar e Impressões onde ele deleita o leitor de A VOZ DA SERRA com suas visões peculiares sobre o mundo.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.