Aposentadoria facilitada

Antônio Fernando

Blog do Antônio Fernando

Friburguense, jornalista, 65 anos, taurino e vascaíno. Antônio Fernando atuou em diversos veículos de Nova Friburgo e atualmente é redator das colunas Radar e Impressões onde ele deleita o leitor de A VOZ DA SERRA com suas visões peculiares sobre o mundo.

sábado, 03 de fevereiro de 2018

Aposentadoria facilitada

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vai conceder de forma automática, a partir da segunda quinzena deste mês, a aposentadoria por tempo de contribuição. A estimativa é de que cerca de 200 mil segurados tenham o direito de se aposentar automaticamente, sem precisar encarar a burocracia dos postos de atendimento.

*****

Desse total, cinco mil segurados que estão com os dados corretos no Cnis (Cadastro Nacional de Informações Sociais) e atingiram todos os critérios para obter a aposentadoria por tempo de contribuição (35 anos para homens, e 30 para mulheres) serão notificados.

Menos beneficiários na Previdência

A Previdência Social perdeu cerca de 1,1 milhão de contribuintes em 2017, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em meio às discussões do governo em torno da reforma previdenciária, cerca de 58,1 milhões de trabalhadores descontaram valores, em 2017, para ter direito a benefícios como a aposentadoria. No ano anterior, eram pouco mais de 59,2 milhões de contribuintes. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, divulgada pelo IBGE. O levantamento considera os 90,6 milhões de pessoas ocupadas no país no último ano.

Otimismo para as pequenas

 O Indicador de Confiança da Micro e Pequena Empresa (MPE) atingiu 54,6 pontos em janeiro, 6,8% acima dos 51,1 pontos registrados em dezembro de 2017. Essa é a quarta vez seguida que o resultado ficou acima dos 50 pontos. Segundo a pesquisa, divulgada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 40% dos empresários disseram não saber o porquê de seu otimismo, disseram apenas acreditar que coisas boas devem acontecer; 38% alegaram que já notam a melhora de alguns indicadores econômicos e 16% justificaram a perspectiva positiva por causa do amplo mercado consumidor do país.

Balança comercial

A balança comercial brasileira fechou janeiro com o melhor saldo positivo registrado para o mês em 12 anos. Em janeiro, o país exportou US$ 2,768 bilhões a mais do que importou. Desde 2006, quando o saldo havia fechado em US$ 2,83 bilhões, o indicador não registrava um saldo tão expressivo para meses de janeiro. As exportações totalizaram US$ 16,968 bilhões em janeiro, com alta de 13,8% sobre o mesmo mês de 2017 pela média diária. As vendas externas bateram recorde para o mês desde o início da série histórica, em 1989.

PIB pode crescer

A divulgação de resultados melhores do que se imaginava para a produção industrial, emprego e balança comercial fez com que consultorias revisassem para cima a expectativa para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2018. Segundo economistas, o Brasil pode ter um crescimento de até 3,5%. Na visão dos analistas, após os anos de crise, a recuperação deve seguir a partir de agora de forma gradual, favorecida pelo cenário externo, que também ajuda a reaquecer a economia.

A dança dos preços dos combustíveis

A Petrobras anunciou um novo reajuste para os combustíveis, com aumento de 0,50% no preço da gasolina nas refinarias e alta de 0,60% no do diesel. Os novos valores valem a partir deste sábado, 3. A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho de 2017. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

Falências diminuíram

Os pedidos de falência das empresas caíram 29,2% em janeiro na comparação com dezembro de 2017, segundo a Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).  Já as falências decretadas subiram 54,2%, os pedidos de recuperação judicial tiveram elevação de 31,8% e as solicitações de recuperação judicial deferidas cresceram 32,3%.

Publicidade
Agora Faz
TAGS:

Antônio Fernando

Blog do Antônio Fernando

Friburguense, jornalista, 65 anos, taurino e vascaíno. Antônio Fernando atuou em diversos veículos de Nova Friburgo e atualmente é redator das colunas Radar e Impressões onde ele deleita o leitor de A VOZ DA SERRA com suas visões peculiares sobre o mundo.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.