18/12/2013



Giuseppe Massimo - 18/12/2013

Massimo
massimo@avozdaserra.com.br

Lidyane Martins
por Lúcio Cesar Pereira

Lidyane Martins
por Lúcio Cesar Pereira


Campanhas políticas

Pesquisa realizada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) sobre o financiamento de campanhas políticas revelou que 78% são contrários às doações de empresas para candidatos e 80% consideram que deveria haver um limite máximo no que concerne ao uso de dinheiro público.

Com relação à punição mais severa para a prática de caixa dois, 90% dos entrevistados mostraram-se favoráveis à medida.


ISS dado

O Executivo municipal já enviou à Câmara de Vereadores, que por sua vez já convocou sessões extraordinárias, projetos referentes ao Imposto Sobre Serviços (ISS). 

Um deles relativo aos brokers, que têm sido tema de matérias de A VOZ DA SERRA apontando para as perdas e ganhos que o município pode ter. 

O projeto prevê redução da alíquota do ISS de 5% para 2%, a fim de manter as empresas aqui já instaladas e objetivando atrair novos empreendimentos.

Também está prevista uma série de obrigações para que as empresas fiquem aptas a este tipo de benefício.


ISS tomado

Outro projeto relativo ao ISS atinge em cheio os cartórios. 

O projeto prevê recolhimento de receita dos cartórios existentes no município. 


Calendário

Atendendo a urgência dos temas, a Câmara de Nova Friburgo já marcou data e horário das sessões extraordinárias.

Serão realizadas na próxima segunda-feira, a partir das 9h.  


Polícia Federal em Nova Friburgo

A Polícia Federal voltou a Nova Friburgo. 

A presença de carros da força policial chamou a atenção dos friburguenses e suscitou uma série de boatos. 

A ação se destinou a coibir a exploração de máquinas caça-níqueis. 

Entre os presos está um policial civil e um sargento da Polícia Militar lotado no 11º BPM (Nova Friburgo). 


Corram que a polícia vem aí!

A ação da Polícia Federal acontece também nas cidades de Cachoeiras de Macacu e Duque de Caxias. 

Ao todo foram 33 mandados de prisão. Destes, 24 só em Nova Friburgo. 

Policiais dos batalhões da Região Serrana e da 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar auxiliaram na localização dos acusados.


Tapetão

Após a volta dos que não foram no Brasileiro com a queda da Portuguesa no lugar do Fluminense, as redes sociais lotaram de piadas... 

Como bom torcedor, o Massimo alimenta a boa rivalidade e destaca algumas: 

* "Nova propaganda da patrocinadora do Fluminense: se salvamos o Fluminense, imagine o que podemos fazer por você”.

* "Goleiro Bruno contrata advogado do Fluminense que descobre que Elisa Samudio não tinha certidão de nascimento. Não nasceu, logo não morreu”.

* "Fluminense entra com recurso e garante direito de ser o primeiro time a pisar na Lua”.

* "Aladin é o novo mascote do Fluminense — vive no tapetão”.

E vamos parar com essas piadas, porque senão o Fluminense entra com um recurso contra o Massimo!


Colunistas

Outras Colunas

Leia o Jornal a Voz da Serra Digital, e fique sabendo tudo que acontece na região serrana!
+ Veja mais Charges